Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Real Madrid pede mais de R$ 60 milhões para liberar Kaká

Sem boas ofertas, meia-atacante brasileiro segue treinando com o grupo e pode ficar no clube espanhol

iG São Paulo |

É verdade que o Real Madrid não tem feito nenhuma força para assegurar a permanência de Kaká. O clube espanhol admite que tem a intenção de negociar o jogador. Porém, decidiu que não irá ‘presentear’ ninguém. Para liberar o brasileiro, alguém terá de pagar pelo menos 25 milhões de euros (R$62,5 milhões).

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

EFE
Kaká poderia ficar no Real Madrid

O PSG, o Milan e clubes dos Estados Unidos já manifestaram interesse no meia-atacante. O Real tratou de descartar um empréstimo. Quer vender. Enquanto isso, ele segue sendo utilizado pelo técnico José Mourinho. Está com o clube nos Estados Unidos, onde realizam pré-temporada.

Leia: Antes da temporada, Puyol já espera jogo contra o Real

“Enquanto for jogador do Real Madrid, e é possível que seja nesse próximo ano, seguirá treinando, viajando. Se ficar no final, estou feliz”, disse Mourinho.

Veja todas as notícias do futebol internacional

Kaká chegou à Madri em 2009 por 65 milhões de euros (R$ 162,5 milhões). Acabou atrapalhado pelas frequentes lesões, não repetindo na Espanha as atuações que o consagraram como melhor do mundo no Milan.

Leia tudo sobre: Real MadridCampeonato EspanholKakámercado da bolaMilan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG