Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após críticas, Santos assina renovação contratual de Muricy

Treinador tem reclamado da falta de contratações. Novo acordo não tem multa para a seleção brasileira

Gazeta |

AE
Muricy Ramalho renovou contrato até o final de 2013

Um dia após receber críticas pesadas do técnico Muricy Ramalho, pelo que o treinador classificou como morosidade no processo de contratações do clube para o Campeonato Brasileiro, o Santos confirmou a renovação do contrato de seu atual comandante. Com isso, o acordo, que já havia sido assinado pelo treinador na última semana, está oficialmente homologado. O novo vínculo é válido até o fim de 2013.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ignorando os questionamentos do técnico ao planejamento santista, o presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro optou por enaltecer as qualidades de Muricy Ramalho a frente do cargo. "É um treinador trabalhador, honesto e que exerce uma liderança positiva sobre nossos atletas. Temos uma relação de confiança muito forte, que está sendo reforçada na prática com este novo vínculo", afirmou o mandatário.

Veja mais: Muricy elogia Neymar e admite que Santos depende do atacante

As mais recentes críticas de Muricy se deram por conta dos desfalques dos volantes Adriano e Arouca contra o Náutico, no próximo domingo, nos Aflitos. Os dois jogadores não poderão atuar, porque receberam o terceiro cartão amarelo na vitória sobre a Ponte Preta. Com poucas opções para o setor sem a dupla, e com a possibilidade de não contar com Henrique, que vem apresentando dores nos últimos jogos, o treinador não poupou os dirigentes do Peixe.

Leia mais: Amistoso na Suécia desfalca 6 clubes na disputa da 17ª rodada do Brasileiro

"Vamos jogar eu, o Tata (auxiliar técnico) e o Felipe Faro (superintendente de esportes), que é o cara que contrata. Eu sou um cara que brigo, luto muito pelo clube, mas a gente foi muito devagar. Não gosto desse tipo de situação e não estou contente com isso. Quando isso acontece, é ruim. Vamos ter muitas dificuldades contra o Náutico, no Nordeste. Mas eu sou um cara que não entrego os pontos. Tenho as ‘costas largas’ e seguro a ‘bronca’", disparou.

Sem multa para a seleção
Vale destacar que, no novo contrato com o Santos, Muricy Ramalho tem uma cláusula de liberação automática, caso seja convidado para treinar a Seleção Brasileira. Isto porque, a cúpula alvinegra não pretende colocar empecilhos na ida do treinador para a Seleção, caso haja um convite no futuro.

E ainda: Adriano e Arouca não pegam o Náutico e falta de opções irrita Muricy

Com essa cláusula contratual, Muricy está livre de viver uma situação parecida com a que aconteceu quando dirigia o Fluminense. Na ocasião, após o fracasso brasileiro na Copa do Mundo de 2010, o técnico foi convidado pelo então presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para assumir o cargo no time canarinho.

Porém, o time carioca não mantinha um bom relacionamento com a entidade naquele período e a direção do clube não aceitou a quebra de contrato. Muricy Ramalho seguiu nas Laranjeiras e, no final daquele ano, levou a equipe ao título brasileiro.

Ajude o time do Santos a subir no ranking da Torcida Virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG