Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em crise, Flamengo aposta em semana livre com Dorival Jr. para voltar a vencer

Time rubro-negro não atua no meio de semana e só volta a jogar no sábado pelo Brasileirão

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

O Flamengo está cada vez mais mergulhado na crise. No domingo, a equipe foi goleada pelo São Paulo e completou quatro partidas sem vitórias no Campeonato Brasileiro. Além disso, a diretoria vem sendo muito criticada pela falta de reforços de peso e o elenco é considerado limitado por boa parte da crítica e da sua própria torcida. Em um cenário tão desanimador, o técnico Dorival Júnior, que assumiu o time na semana passada, e os jogadores apostam em uma semana livre de trabalho para começarem a mudar esta situação.

O que o Flamengo precisa fazer para conseguir sair da crise? Opine!

Como o meio da semana está reservado para a Copa Sul-Americana, competição que o Flamengo não disputa, o time só voltará a jogar no próximo sábado, às 18h30 (horário de Brasília), contra o líder Atlético-MG, no Engenhão, pela 14ª rodada. Esses dias sem partidas se tornaram a principal aposta do departamento de futebol.

VEJA: Dorival Junior vê Flamengo abatido, mas confia em recuperação

Divulgação/Flamengo
Dorival: um empate e uma derrota por goleada

"Apenas com trabalho é que conseguimos dar padrão ou mudar o padrão de jogo de uma equipe. Até este momento isso não foi possível, pois o único dia que tivemos de treino entre o jogo contra a Portuguesa e a partida contra o São Paulo foi no sábado. Agora teremos um tempo um pouco maior e temos que aproveitá-lo para trabalhar da melhor maneira possível. Temos que mudar alguns aspectos, pois o momento é de instabilidade. Mas assumi o Flamengo sabendo o que tinha pela frente e sei que esse quadro pode ser modificado", afirmou Dorival.

O treinador também insistiu em passar otimismo aos jogadores. "Nosso horizonte é a recuperação da confiança e do equilíbrio de uma equipe que está se sentindo abatida pelo momento vivido e pelas circunstâncias desse Campeonato Brasileiro. Agora temos que ter hombridade e dignidade de trabalharmos com mais intensidade, porque coisas boas podem vir a acontecer. Não temos motivo para desistir", disse o comandante rubro-negro.

MAIS: Ibson admite vergonha por mau momento do Fla e pede desculpas à torcida

Os jogadores também reconhecem a necessidade de trabalhar bem ao longo da semana. "Nós vacilamos contra o São Paulo e acabamos pagando muito caro por isto. Agora teremos uma semana inteira pela frente e temos que aproveitar a situação, pois assim o Dorival terá condições de conhecer ainda mais o grupo. Teremos um jogo muito complicado pela frente contra o Atlético-MG e precisamos logo da reação", analisou o atacante Vágner Love.

Uma prova de que o Flamengo realmente vai apostar no trabalho para reagir é que a comissão técnica definiu que a terça-feira será de treinos em período integral. Para o jogo contra o time mineiro, ainda não se sabe se o volante Aírton terá condições de jogo. O jogador deixou a partida contra o São Paulo reclamando de dores na coxa direita e será submetido a exames mais detalhados.

Ajude o Flamengo a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG