Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barcos não esconde raiva e critica árbitro por prejudicar Palmeiras mais uma vez

Clube teve dois pênaltis polêmicos anotados contra o time nas duas últimas rodadas

iG São Paulo |

AE
Barcos briga pela bola. Ele fez o gol do Palmeiras

Recepcionado por poucos torcedores na manhã desta segunda-feira, o elenco do Palmeiras chegou tranquilamente ao Aeroporto de Congonhas para dar início aos treinamentos desta semana em São Paulo. No entanto, a aparente serenidade dos jogadores não refletia o real sentimento da equipe após a derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, no último domingo, em Belo Horizonte.

Leia também: Diretoria confirma que Palmeiras fará protesto na CBF 

Autor do único gol da equipe no duelo ante os mineiros, o centroavante Hernán Barcos deixou evidente a sua insatisfação com o juiz Fabrício Neves Corrêa e destacou a raiva que os atletas alviverdes sentiram após nova apresentação comprometida no Brasileiro. O argentino se mostrou preocupado com a arbitragem escolhida para os jogos de sua equipe e lamentou que todo o trabalho desempenhado ao longo da semana não tenha sido convertido em um resultado favorável.

E mais: Irritado, Felipão cancela coletiva após derrota do Palmeiras para o Cruzeiro

"Uma vez mais prejudicados pela arbitragem. Nós chegamos aqui com muita raiva, porque trabalhamos, trabalhamos, tentamos fazer as coisas bem e vem um árbitro qualquer te prejudicar e te deixar de fora", bradou o atacante. "São coisas que nos preocupam, porque temos que jogar contra os adversários e árbitros. Foram dois gols com muita dúvida e que prejudicam muito o nosso trabalho."

A derrota sofrida em Minas Gerais não ampliou apenas o descontentamento do Palmeiras com os árbitros, mas também recolocou a equipe na zona de rebaixamento do Brasileiro. Os dez pontos conquistados na competição não livraram o time da degola e determinaram a sua queda para a 18ª colocação.

Sem conseguir repetir as boas atuações que levaram o time ao título da Copa do Brasil, o Verdão segue sem poder de reação no Nacional e amarga as últimas posições desde o início da competição. Barcos, entretanto, acredita que este momento é passageiro e que o grupo de jogadores conseguirá reunir condições de voltar a pontuar para recuperar o time já no próximo sábado, contra o Internacional, na Arena Barueri.

"O time também tem culpa neste momento, porque não fizemos uma boa partida e ainda sofremos muito com a arbitragem. Mas nós estamos tranquilos. Temos um bom grupo montado e vamos sair dessa situação", completou o atleta, que antes de enfrentar os gaúchos pelo Brasileiro, terá o Botafogo como adversário na estreia da Copa Sul-americana. A partida será realizada nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Barueri.

Leia tudo sobre: PalmeirasBarcosarbitragembrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG