Bahia ficou no zero contra melhor defesa da última Libertadores, mas saiu da zona do rebaixamento

Lance da partida do domingo no Pituaçu
AE
Lance da partida do domingo no Pituaçu

Não vencer em casa poderia ser considerado um resultado adverso para o Bahia, porém o empate em branco foi contra o Corinthians , recém-campeão da Copa Libertadores e dona da melhor defesa do torneio sul-americano. Foi essa a análise do meia Zé Roberto, que elogiou a qualidade do adversário para valorizar o ponto.

Leia também:  Corintianos admitem jogo ruim, mas divergem sobre o valor do empate

"Faltou fazer o gol, colocar a bola na rede. Não tivemos muitas oportunidades, mas do outro lado tinha uma equipe de muita qualidade, que marca muito bem e é vitoriosa. O Corinthians sabe jogar com a bola no pé. É difícil fazer gol no Corinthians", disse.

E mais:  Em jogo de apenas 23 faltas em Salvador, Bahia e Corinthians não saem do 0 a 0

O meia lembrou que, ao longo da competição continental, a equipe paulista foi vazada poucas vezes (quatro em 14 partidas), para reforçar que o empate deve ser comemorado.

Confira ainda:  Romarinho vê falta de capricho nas 13 finalizações corintianas no Pituaçu

"A gente fica feliz também com a evolução da equipe, que melhora a cada partida que passa. Isso foi importante", completou Zé Roberto, presente também na vitória de quinta-feira passada, sobre o Palmeiras, em Barueri.

Ainda próxima da zona de rebaixamento, a equipe de Salvador volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo, diante do Grêmio, em Porto Alegre. Antes, na quarta-feira, enfrenta o São Paulo, na estreia da Copa Sul-americana, fora de casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.