Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sport e Atlético-GO não saem do zero na Ilha do Retiro

Jogando em casa, pernambucanos não conseguiram furar a retranca adversária e vão à quarta partida sem vitória

Gazeta |

O Sport enfrentou uma sequência complicada no Campeonato Brasileiro que deixou a equipe sem vencer por três jogos. Por outro lado, o Atlético-GO conseguiu duas vitórias nas últimas três partidas, incluindo um sonoro 4 a 3 sobre o São Paulo. Neste panorama, as equipes entraram no gramado da Ilha do Retiro neste domingo e não saíram de um 0 a 0. Os pernambucanos dominaram a posse de bola, mas sem eficiência nas conclusões e os goianos cumpriram perfeitamente a proposta defensiva na partida.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

A boa fase dos goianos começou prevalecendo, já que a primeira chance no duelo, logo aos sete minutos, foi com Patric. O atacante recebeu de Joílson, invadiu a área e bateu cruzado para excelente defesa do goleiro Magrão.

Patric, inclusive, obrigou Vágner Mancini a mexer no Sport ainda no primeiro tempo, após choque de cabeça com Bruno Aguiar. O zagueiro do clube pernambucano ficou com o nariz sangrando e os médicos optaram por tirá-lo de campo e Diego Ivo pôde fazer sua estreia.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro no iG Esporte

Aos 32 minutos da etapa inicial, Felipe Azevedo recebeu na entrada da área goiana e mandou para o gol, mas a arbitragem já havia assinalado, com muita demora, impedimento do atacante do time da casa. Pouco depois, foi a vez de Jairo Araújo queimar uma substituição na defesa: saiu Reniê, lesionado, para a entrada de Gustavo.

Felipe Azevedo assustou Márcio mais uma vez na Ilha do Retiro. O atacante recebeu do lateral Reinaldo e finalizou com força. A bola desviou na defesa atleticana e quase surpreendeu o goleiro-artilheiro. O arqueiro também deve trabalho para defender boa cobrança de falta de Gilberto no final do primeiro tempo.

O recomeço da partida foi movimentado, com Moacir perdendo grande oportunidade de abrir o placar. O volante recebeu na área, se atrapalhou com a bola e Márcio saiu do gol para praticar grande defesa. Minutos mais tarde, outro tento anulado do Sport, em cabeçada de Cicinho após cruzamento de Gilberto.

Apesar de amplo domínio do Sport, as chances de gol passaram a ser raras na Ilha do Retiro e o Atlético-GO seguiu apostando em uma postura defensiva para garantir, pelo menos, um ponto na tabela.

O empate foi lamentado pelas duas equipes, que permanecem em situação parecida do início da rodada. O Sport aumenta para quatro jogos seu jejum de vitórias e o Atlético Goianiense frustra os planos de reação.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Sport viaja para encarar o São Paulo no Morumbi às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo. Já o Atlético-GO tem Copa Sul-americana na quarta-feira, quando encara o Figueirense no Serra Dourada, em Goiânia, às 19h30. De volta ao torneio nacional, o Dragão recebe o Botafogo em casa, às 18h30 de sábado.

FICHA TÉCNICA
SPORT 0 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 29 de julho de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Carolina Romanholi Melo (CE) e Gean Carlos Menezes de Oliveira (RR)

Cartões Amarelos: Rivaldo (Sport); Gabriel, Marcos e Marino (Atlético-GO) 

SPORT: Magrão; Cicinho (Felipe Menezes), Bruno Aguiar (Diego Ivo), Aílson, Reinaldo; Tobi, Rivaldo, Moacir e Marquinhos Gabriel (Henrique); Felipe Azevedo e Gilberto 

Técnico: Vágner Mancini

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Gabriel, Reniê (Gustavo) e Bruninho (Rafael Cruz); Marino, Ernandes, Joilson (Diogo Campos) e Wesley; Ricardo Bueno e Patric
Técnico: Jairo Araújo

Leia tudo sobre: brasileirão 2012atlético-gosportfelipe azevedomagrão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG