Magnata que tentou comprar o Milan teria interesse em adquirir o clube espanhol que vai disputar a Liga dos Campeões

O xeque Abdullah Al Thani, dono do Málaga
Reuters
O xeque Abdullah Al Thani, dono do Málaga

O jornal espanhol AS divulgou na manhã deste domingo a informação que o xeque catariano Abdullah Bin Nasser Al-Thani estaria disposto a vender o Malaga.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Decepcionado com o pequeno retorno financeiro obtido nas duas últimas temporadas, quando comprou o clube, Al-Thani já teria a intenção de se desfazer da equipe "há tempos", segundo o AS . O processo se acelerou nos últimos dias, quando o governo espanhol deu ao xeque a autorização para que ele construísse um complexo hoteleiro no sul do país.

Veja mais notícias do futebol internacional

Com o clube posto à venda, o principal interessado em adquiri-lo seria um magnata albanês do ramo petroleiro, chamado Rezart Taçi, um "fanático pelo futebol" nas palavras do AS . Taçi tentou, inclusive, comprar o Milan há três anos, mas não teve sucesso.

Leia: Robinho entra na torcida pela volta de Kaká ao Milan

Al-Thani teria desembolsado 36 milhões de euros (cerca de R$ 90 milhões) para comprar o Malaga, no meio de 2010, conforme a Reuters divulgou na época. Além disso, contratou jogador conhecidos como o holandês Ruud Van Nistelrooy e o brasileiro Julio Batista. Mesmo assim, o clube não conquistou nenhum título nesse período, porém, vai disputar a Liga dos Campeões deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.