Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel critica arbitragem, diz que Flu foi melhor e poderia estar na liderança

Treinador acredita que gol anulado de Fred pode interferir na disputa do título do Brasileirão

Gazeta |

O técnico Abel Braga não deixou de criticar o auxiliar de arbitragem Vicente Romano Neto por ter anulado o gol de Fred que daria a vitória ao Fluminense sobre o Atlético-MG, neste sábado, mas decidiu focar no futuro e garantiu que o time pode sofrer na tabela em virtude da anulação. Mesmo assim, ao término da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, vê as duas equipes em iguais condições de conquistar o título nacional.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Fluminense jogou muito bem e o Atlético-MG está em primeiro lugar por méritos. O Fluminense podia estar também", ressaltou Abel Braga, antes de reclamar do lance mal anulado aos 42 minutos do segundo tempo: "Eu não me manifestei na hora do gol, esperei a imagem da televisão. Mas isso teve influência no resultado e lá na frente vai contar, não tenha dúvida. Não temos que jogar responsabilidade sobre a arbitragem, mas isso nos tira dois pontos do campeonato".

Leia mais: Fred se revolta com gol anulado do Fluminense

Caso o gol de Fred tivesse sido validado, o Fluminense teria dois pontos a mais na tabela de classificação e ficaria a apenas três pontos do líder Atlético-MG. Sem a vantagem, Abel Braga criticou o trabalho do auxiliar.

"Nós iríamos diminuir muito a diferença e é sempre bom ressaltar que o primeiro critério de desempate nos deixaria com uma vitória a mais, mas não adianta. Já fui algumas vezes expulso por não concordar com critérios, decisões, mas é muito difícil arbitrar futebol e ele (Rodrigo Bragheto) foi muito bem. Inadmissível é o erro do bandeira (Vicente), que não faz outra coisa, não tem que tomar decisão rápida e errou".

Veja mais: Apesar de tropeço do Vasco, Victor valoriza empate do Atlético-MG

Abel Braga viu um "jogo muito tático" no Engenhão e ele próprio promoveu alterações para tentar surpreender Cuca, como a entrada do meia Wagner na vaga do lateral Wallace e o deslocamento de Jean para a ala, ou a entrada de Marcos Júnior no lugar de Thiago Neves. Superando a marcação individual em jogadores como Fred e Wellington Nem, o treinador elogia a atuação da equipe no confronto diante dos ponteiros do Brasileiro.

E ainda: Fluminense só empata com o Atlético-MG e perde chance de encostar

"O tempo todo foi de marcação individual, por isso foi um jogo muito tático. Creio que nas oportunidades criadas nós fomos superiores. O Victor fez duas defesas fantásticas", diagnosticou Abel Braga, que volta a campo no próximo domingo, no Couto Pereira, diante do Coritiba.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG