Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santistas lamentam revés e prometem luta para sair da crise

Time do técnico Muricy Ramalho sofre com os desfalques e está na zona de rebaixamento do Brasileirão

Gazeta |

A derrota para o Atlético-MG por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Estádio Independência, levou o Santos para a 18° colocação, na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Lamentando o revés, os jogadores santistas deixaram o gramado chateados com o resultado, que ampliou a má fase santista no Brasileirão - são quatro jogos sem vitórias e sem marcar gols.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

"Sabemos que é difícil sofrer mais uma derrota e ir para a zona do rebaixamento. Não é fácil o período que nós estamos passando. Mas vamos procurar nos recuperar", disse o volante Henrique, abatido com a derrota para o líder Atlético-MG.


Arouca, outro volante do Alvinegro Praiano, também demonstrou tristeza com o resultado. O atleta destacou o empenho do Santos durante a partida, apesar da derrota, e ressaltou que o time precisa trabalhar forte para se recuperar na competição.

"Deu para perceber nesse jogo que o Santos lutou, principalmente no primeiro tempo. Só que o nosso esforço não adiantou. Enfim, precisamos voltar a vencer. Não tem muito o que falar agora. O jeito é continuar trabalhando", comentou.

O veterano lateral esquerdo Léo também falou sobre a fase negativa do Peixe, que venceu apenas uma vez na Série A deste ano. "O momento não é bom e é normal um abatimento. Porém, um grupo como o do Santos não pode se abater. Temos que continuar trabalhando, jogar e melhorar o nosso rendimento", encerrou.

Na próxima rodada, os santistas recebem a Ponte Preta, domingo, às 18h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O confronto é válido pela 13° rodada do Brasileiro.

Leia tudo sobre: SantosBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG