Bolivianos do Oriente Petrolero e do Aurora se deram bem nos jogos da quinta-feira

Namorado de Larissa Riquelme, atacante Fabbro fez um gol, mas o Cerro só empatou
EFE
Namorado de Larissa Riquelme, atacante Fabbro fez um gol, mas o Cerro só empatou

Larissa Riquelme não gostou do que viu. O Cerro Porteño, time do seu namorado, o atacante argentino Jonathan Fabbro, acabou sofrendo um empate de última hora   na Copa Sul-Americana.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Três jogos deram sequência à fase preliminar da competição na noite de quinta-feira. Esta primeira etapa do torneio teve início na última terça-feira.

Em Rancagua, no Chile, o Cerro Porteño (treinado por Jorge Fossati) empatou por 3 a 3 com os anfitriões do O’Higgins. Os gols foram marcados por Richard Blanco (duas vezes, sendo uma delas no último minuto) e Rámon Fernandez para o O’Higgins, além de Carlos Bonet, Jonathan Fabbro e Walter Lopez para o Cerro. A partida de volta será disputada no próximo dia 8, em Assunção, no Paraguai.

Leia as últimas notícias do futebol pelo mundo

Assunção que viu, também nessa quinta, o Guaraní ser derrotado dentro de casa pelos bolivianos do Oriente Petroleiro por 1 a 0. O gol único foi marcado por Danilo Carando, com participação do brasileiro Felipe Alves. O confronto que definirá quem irá à segunda fase será realizado no próximo dia 9, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Modelo Larissa Riquelme namora atacante do Cerro Porteño
Marcel Rizzo
Modelo Larissa Riquelme namora atacante do Cerro Porteño

Por fim, os também bolivianos do Aurora venceram o Cerro Largo-URU por 2 a 1 dentro de casa. Os gols dos anfitriões foram marcados por Ronald Rodríguez e Vladimir Castellón, enquanto Santiago Barbosa descontou para os visitantes. O confronto de volta está marcado para o próximo dia 14, na cidade uruguaia de Melo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.