Primeiro desafio do treinador será já em setembro, quando a seleção russa estreia nas eliminatórias para a Copa 2014

O técnico italiano Fabio Capello assinou nesta quinta-feira um contrato de dois anos para dirigir a seleção da Rússia até a Copa do Mundo de 2014 , que será realizada no Brasil. O ex-comandante da Inglaterra confirmou a assinatura do acordo em entrevista coletiva, na qual festejou a nova oportunidade que ganhou em sua carreira.

Fabio Capello é um bom nome para comandar a seleção russa? Opine!

Fabio Capello sorri durante sua primeira coletiva
AP
Fabio Capello sorri durante sua primeira coletiva

"Estou muito contente e orgulhoso de ser o novo técnico da seleção russa. Trabalho para conquistar resultados e para ganhar. Meu principal objetivo é classificar a Rússia para a Copa do Mundo do Brasil", ressaltou o treinador, que chega para substituir o holandês Dick Advocaat, demitido após a surpreendente eliminação da Rússia na primeira fase da Euro 2012, realizada no mês passado, na Ucrânia e na Polônia.

Capello estava sem atuar como técnico desde fevereiro passado, quando pediu demissão da seleção inglesa após não concordar com a decisão da FA (Associação de Futebol da Inglaterra, na sigla em inglês) de tirar o zagueiro John Terry do posto de capitão da equipe nacional sem sua autorização.

Ex-volante da seleção italiana, pela qual jogou por 32 vezes, Capello, de 66 anos, chega ao comando da seleção russa com um currículo de quem já venceu campeonatos por clubes como Real Madrid, Milan, Roma e Juventus. Seu primeiro desafio já será no próximo dia 7 de setembro, em Moscou, onde o país enfrentará a Irlanda do Norte, pelas eliminatórias do Mundial. Os russos integram o grupo F do qualificatório europeu para a Copa, que também conta com Portugal, Israel, Azerbaijão e Luxemburgo, além dos irlandeses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.