Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba vira sobre o Náutico e acaba com jejum de vitórias

Em partida repleta de viradas, paranaenses acabam com jejum de um mês e tranquilizam Marcelo Oliveira no comando da equipe

Gazeta |

O Coritiba voltou ao rumo das vitórias, nesta quarta-feira, no Campeonato Brasileiro com uma importante vitória fora de casa sobre o Náutico. Atuando fora de casa, a equipe paranaense virou a partida e, com o placar de 4 a 3, pôs fim a um jejum de um mês sem resultados positivos. A vitória levou o time comandado por Marcelo Oliveira aos 12 pontos e o faz dormir na 14ª colocação do Nacional, longe da zona de rebaixamento.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

Jogando no estádio dos Aflitos, o Náutico fez valer o mando de campo e abriu o placar, aos 13 minutos, com Souza, que aproveitou falha na marcação para bater para as redes. Dois minutos depois, Robinho tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual. Aos 17 minutos, foi a vez de Kieza marcar para colocar o time da casa na frente.

Depois do intervalo, com um minuto, Leonardo com uma bomba, empatou. De pênalti, o atacante decretou a virada, aos 10 minutos. Aproveitando cobrança de escanteio de Lincoln, Pereira fez mais uma. Rico, aos 40 minutos, descontou para fechar a contagem no Estádio dos Aflitos.

Na próxima rodada, o Náutico volta a campo no domingo, quando enfrentará a Portuguesa, no Estádio do Canindé, em São Paulo. Já o Coritiba terá pela frente o Grêmio, sábado, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense.

O jogo

O Coxa começou a partida com um bom ritmo e, aos dois minutos, Leonardo recebeu na área e arrematou de primeira para boa defesa de Felipe. Um minuto depois o Náutico já queimava uma substituição com a entrada de Márcio Rosário no lugar do lesionado Jean Rolt. A equipe da casa tomou mais um susto aos nove minutos, novamente com Leonardo que, de cara para o gol, foi travado pela zaga na hora exata do chute.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro no iG Esporte

Os pernambucanos subiram de produção de, aos 11 minutos, Souza cobrou falta para boa intervenção de Vanderlei. Até que, aos 13 minutos, sozinho depois de cobrança de escanteio, Souza arrematou como quis para o fundo das redes. A reação coxa-branca foi rápida, e aos 15 minutos, Éverton Costa deixou Robinho em ótima posição, com trabalho apenas de tocar na saída do goleiro e comemorar. A festa, entretanto, durou pouco. Aos 17 minutos, Rhayner tocou com estilo para Kieza aparecer no meio da zaga e fuzilar para o gol.

A partida era muito boa nos Aflitos, com muitas possibilidades. Aos 24 minutos, Souza cobrou fala e a bola carimbou o travessão. Na resposta, Leonardo, aos 29 minutos, chegou a passar pelo goleiro Felipe, e, sem ângulo, tentou um toque sem sucesso para o meio. Apesar de estar atrás no placar, o time paranaense tinha boa presença no campo ofensivo. Aos 35 minutos, Júnior Urso recebeu passe açucarado e bateu em cima da defesa. Dois minutos depois, Leonardo testou firme e Felipe defendeu.

No segundo tempo, o Coritiba voltou com Lincoln no lugar de Júnior Urso. Logo no primeiro minuto, Leonardo achou espaço no meio da defesa e, de fora da área, mandou um petardo para deixar tudo igual outra vez. Aos três minutos, Rhayner apareceu no meio da área e chutou errado, perdendo uma chance incrível.

Pressão do Coritiba e, aos oito minutos Alessandro impediu a entrada da bola no gol com a mão. Pênalti e expulsão. Na cobrança, decretou a virada. Com o resultado, o torcedor alvirrubro passou a reclamar de alguns atletas em campo e, principalmente, do técnico Alexandre Gallo. Aos 23 minutos, Márcio Rosário desviou de cabeça pela linha de fundo.

Pereira perdeu a chance de matar o jogo aos 27 minutos, com uma cabeçada forte para fora, com muito perigo. Porém, o zagueiro não desperdiçou aos 32 minutos, aproveitando escanteio cobrado por Lincoln. O Coritiba administrava bem o resultado, aproveitando também a vantagem numérica em campo. Aos 40 minutos, Rico, girando o corpo e batendo para as redes, descontou, mas já era tarde.

FICHA TÉCNICA
NAUTICO 3 X 4 CORITIBA

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Data: 25 de julho de 2012, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos e Cleriston Clay Barreto Rios
Cartões amarelos: Elicarlos (Náutico); Júnior Urso, Lucas Mendes e Demerson (Coritiba)
Cartão vermelho: Alessandro (Náutico)

Gols: NÁUTICO: Souza, aos 13 minutos e Kieza, aos 17 minutos do primeiro tempo;Rico, aos 40 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Robinho, aos 15 minutos do primeiro tempo; Leonardo, a 01 minuto e aos 10 minutos, Pereira, aos 32 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Ayrton (Jonas), Demerson, Pereira e Lucas Mendes; Willian, Junior Urso (Lincoln), Sérgio Manoel e Robinho; Leonardo (Roberto) e Everton Costa
Técnico: Marcelo Oliveira

NÁUTICO: Felipe; Alessandro, Jean Rolt (Marcio Rosário), Ronaldo Alves e Lucio; Elicarlos, Ramirez (João Paulo), Souza e Rhayner; Kieza e Araújo (Rico)
Técnico: Alexandre Gallo

Leia tudo sobre: brasileirão 2012coritibanáuticovirada

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG