Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite usa exemplos de Eto’o e Drogba para manter Corinthians forte na marcação

Desempenho de artilheiros em títulos é argumento de treinador para convencer corintianos a manter bom desempenho nos desarmes

Bruno Winckler , iG São Paulo |

O Corinthians foi campeão brasileiro de 2011 liderando as estatísticas de desarmes. Na Libertadores de 2012 não foi diferente. Neste Brasileirão, porém, a equipe é apenas a quinta que mais roubou bolas dos rivais nas 11 rodadas com 244 desarmes, atrás de Coritiba, Palmeiras, São Paulo e Náutico. Os números são da Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Gazeta Press
Douglas rouba bola antes de marcar o primeiro gol contra o Flamengo

Corinthians recebe o "algoz" Cruzeiro nesta quarta-feira no Pacaembu

Tite notou essa diferença. Para fazer com que a equipe retome seu padrão repetindo o bom desempenho nas campanhas vencedoras recentes ele usa exemplos de artilheiros que aceitaram a necessidade de ajudar a marcar para conquistar títulos importantes: Samuel Eto'o e Didier Drogba.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Perguntado como fazer o time voltar a ter a "pegada" característica das campanhas campeãs, Tite citou a dupla de atacantes africanos nos títulos da Liga dos Campeões de 2010 (Eto'o na Inter de Milão) e 2012 (Drogba no Chelsea), quando os dois atacantes tiveram atuação destacada nas eliminações do Barcelona.

"Não tem novidade. É convencimento, treino e ideia de que essa dedicação pode trazer vitórias. Talvez conquiste isso pelo tempo que estou aqui. O Chelsea, do Drogba, vinha marcar aqui na defesa. O Eto'o (contra o Barcelona) vinha até lá dentro do campo dele. Para que? Para ganhar. Vencer é bom. E essa característica já foi do São Paulo, Palmeiras, Barcelona. Se você clha para uma equipe e vê qualidade é porque ela compete muito", disse Tite.

O treinador cobra de seus atacantes ajuda na marcação e todos os jogadores de frente que passaram pelo Corinthians neste seu período no clube sabem que para ganhar uma oportunidade é preciso ajudar na tarefa de desarmar o rival. "O Tite sempre fala que tem que competir, marcar, e isso a gente do ataque até a defesa. Acho que foi esse o diferencial tanto no Brasileiro como na Libertadores", disse Emerson "Sheik". 

Top 5 no ranking de desarmes certos neste Brasileiro*
1º) Coritiba: 279
2º) Palmeiras: 273
3º) São Paulo: 248
4º) Náutico: 246
5º) Corinthians: 244
*Dados Footstats 

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2012eto'odrogba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG