Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Léo quer usar experiência para ajudar jovens do Santos

Com a contusão de Edu Dracena, que ficará seis meses afastado após romper os ligamentos do joelho, o Santos perdeu seu capitão e principal líder em campo

Agência Estado |

Agência Estado

AE
Léo é o jogador mais experiente do elenco

Com a contusão de Edu Dracena, que ficará seis meses afastado após romper os ligamentos do joelho, o Santos perdeu seu capitão e principal líder em campo. Para não deixar a equipe sem um comandante no gramado, o lateral-esquerdo Léo, de 37 anos, quer usar toda sua experiência e ajudar os jogadores mais jovens.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu sempre estou tentando buscar minha função como capitão. Eu sei que eu posso passar algo pra esses jogadores que estão chegando, aos que estão subindo da base também. É um grupo de muita qualidade, que quando passa por dificuldades acaba oscilando. Então, o que o Durval, o Muricy (Ramalho) e todos os experientes puderem fazer para ajudar, eles vão fazer", declarou.

A oscilação citada pelo lateral fez a diretoria se mexer e ir ao mercado. Chegaram os argentinos Patito Rodríguez e Miralles, além do atacante Bill, que mesmo sem ser anunciado oficialmente já treinou nesta segunda-feira com seus novos companheiros. Mesmo com tantos reforços para o setor ofensivo, o Santos ainda espera anunciar nos próximos dias a contratação do centroavante Rafael Moura, que está no Fluminense.

Leia mais: Após cirurgia no joelho, Dracena inicia processo de recuperação

"São mais peças que o Muricy vai ter, mais opções para colocar em campo, para variar no ataque. A gente tem que dar suporte para esses meninos da base, são garotos ainda. O grupo tem qualidade, está querendo muito vencer", afirmou Léo.

Em 11 rodadas, o Santos conquistou apenas uma vitória no Campeonato Brasileiro e amarga a 15.ª colocação, com dez pontos. A realidade é bem diferente da vivida no início do ano, quando o clube conquistou o tricampeonato paulista. Mesmo assim, Léo não quer saber de luta contra o rebaixamento e acredita que ainda verá a equipe brigando na parte de cima da tabela.

Veja também: "Meu futuro é no Santos", afirma Ganso

"O Santos é um clube muito grande. Estamos no ano do centenário, já temos o título do Paulista, ainda vamos disputar a Recopa, temos que pensar em somar pontos para engrenar e brigar por alguma coisa lá na frente. Temos muita vontade e qualidade, temos que traduzir isso em resultado", apontou.

Entre para a torcida virtual do Santos:

Leia tudo sobre: léosantosbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG