Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gabriel celebra amizade com Seedorf no Botafogo e revela apelido: "Sidão"

Volante revelado nas categorias de base foi apontado pelo meia como seu 'melhor amigo' neste início

Agência Estado |

Agência Estado

O meia Seedorf surpreendeu a todos ao dizer que o jovem volante Gabriel, de apenas 20 anos, foi o jogador com quem mais fez amizade neste curto período em que está no Botafogo. O atleta, formado nas divisões de base do clube, celebrou a relação com o meia holandês e exaltou a simpatia do companheiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Divulgação
Gabriel foi apontado por Seedorf como 'melhor amigo' nos primeiros dias de Botafogo

"A gente acolheu ele bem. Essa proximidade comigo é pelo fato dele ainda não estar indo para os jogos e eu não ter sido relacionado nos últimos, também. A gente tem estado muito junto, ele gostou do meu estilo de jogo também. Ele me deu alguns toques que vou levar para vida toda", contou Gabriel.

Leia mais: Bota fecha treino e busca por ingressos da estreia de Seedorf aumenta

"Fico feliz por ele ter falado de mim. Vamos manter essa amizade que será boa pra mim e para o Botafogo", completou.

Pouco aproveitado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, Gabriel relatou que tem ouvido muitos conselhos de Seedorf. "Ele falou muito da parte da marcação, de não ir muito seco na bola. Falou para esperar o adversário tomar a decisão para, aí sim, dar o bote. Ali na minha posição será uma ótima dica e que me ajudará muito na marcação", comentou.

Veja mais: Botafogo fecha com o jovem Lima, promessa do Internacional

A adaptação do holandês no Brasil tem sido rápida, principalmente por não ter problemas com a língua, já que sua esposa nasceu no País. Com isso, Seedorf já está ambientado no clube e até recebeu apelidos dos outros jogadores.

Veja também: Seedorf estreia no Botafogo para fincar tradição europeia no Rio

"Ele entende bastante o que a gente fala. Ele entende bem a nossa língua e vai se adaptar bem ao futebol brasileiro, até mesmo pelo jeito dele de ser. Dentro de campo ele vai entender tudo perfeitamente, inclusive as gírias", afirmou Gabriel. "Chamamos de Seedorf, Seedão, Sido... Dentro de campo é difícil falar Seedorf toda hora, então a gente chama pelo apelido", completou.

Ajude o time do Botafogo a subir no ranking da Torcida Virtual

Leia tudo sobre: BotafogoSeedorfGabrielBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG