Tamanho do texto

Vitória de 4 a 1 foi a 6ª seguida no Campeonato Brasileiro. Danilinho, Ronaldinho, Jô e Bernard marcaram

Tradicionalmente o Atlético-MG enfrenta dificuldades contra o Sport na Ilha do Retiro, mas neste sábado, a situação foi um pouco diferente. O time saiu atrás no placar, porém conseguiu a virada e aplicou uma goleada por 4 a 1 para comemorar a sexta vitória seguida e a liderança isolada do Brasileiro com 28 pontos. O time pernambucano que tentava a reabilitação fica estacionado nos 12 pontos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ronaldinho e Bernard no lance do primeiro gol
Gazeta Press
Ronaldinho e Bernard no lance do primeiro gol

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo atacante Gilberto. O empate do Atlético-MG saiu com Danilinho, que pegou rebote dentro da área e deixou tudo igual. No segundo tempo brilhou a estrela do craque Ronaldinho, que mostrou categoria para driblar o marcador e virar o jogo para o Galo. O terceiro tento dos atleticanos foi marcado por Jô, depois de cruzamento perfeito de Bernard, que marcou o quarto com um belo toque por cobertura.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG voltará a atuar diante da torcida no estádio Independência, recebendo a visita do Santos, em jogo marcado para a próxima quinta-feira. Já o Sport terá compromisso diante da Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na quarta-feira

O jogo
O duelo começou de forma equilibrada, com as duas equipes se estudando, porém, buscando o ataque e alternando nas oportunidades de gol, sem muito perigo. Mesmo atuando fora de casa, o time mineiro marcou presença no campo de ataque na maior parte do tempo, mas sem a bola, o Sport recuou as linhas de marcação dificultando a vida atleticana.

O time do técnico Vágner Mancini apostou nos contra-ataques rápidos e na possibilidade de explorar os erros do Atlético-MG. Com este cenário, o Galo abusou das trocas de passe na tentativa de encontrar espaços na defesa pernambucana. O apoio do lateral Marcos Rocha também foi intenso, ajudado na criação das jogadas pelo lado direito do campo.

Aos 24, o lateral-esquerdo Reinaldo acertou um belo chute de fora da área, o zagueiro Réver desviou de cabeça para evitar o gol. Um minuto depois, Cicinho cruzou rasteio, o goleiro Victor se esticou todo mais não alcançou, o atacante Gilberto apareceu livre para mandar para as redes, abrindo o placar na Ilha do Retiro.

A vantagem dos donos da casa durou pouco tempo. Aos 34, Ronaldinho apareceu bem na área, na posição de centroavante, dividiu bola com a defesa pernambucana e no rebote, Danilinho empatou o jogo. Aos 36, o zagueiro Réver deu assistência para o avante Jô, que arriscou um tiro cruzado, mas errou o alvo, em uma boa chance alvinegra.

Após o empate do Galo, a equipe alvinegra passou a atuar de forma diferente, dando espaços para o Sport conduzir a bola até o meio-campo, quando tentava dar o bote, para na base da velocidade virar o jogo. A estratégia funcionou em alguns momentos, mas não resultou no gol de desempate, e as equipes foram para o vestiário com igualdade no marcador.

O Atlético-MG voltou agressivo para o segundo tempo, e logos nos primeiros minutos teve pelo menos duas boas chances de marcar com Danilinho e Jô. Jogando com o apoio da torcida o Sport também procurou atacar, garantindo uma partida de muita movimentação nos 45 minutos finais.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Aos 14, Ronaldinho recebeu lançamento em profundidade e mostrou a categoria de sempre para driblar o marcador e bater colocado no canto esquerdo do goleiro Magrão para virar o jogo em favor do Galo. Com o placar favorável, o time mineiro tomou as rédeas da partida e o logo chegou ao terceiro gol.

Aos 20, Bernard fez grande jogada pela esquerda e cruzou com perfeição para o atacante Jô, que de cabeça ampliou a vantagem do Atlético-MG. Aos 27, o garoto Bernard mostrou requintes de crueldade para garantir a vitória alvinegra, com um toque de cobertura maravilhoso. Com os três pontos garantidos, o Atlético-MG administrou o restante da partida e ainda teve algumas oportunidades para ampliar.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 4 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data: 21 de julho de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e João Chaves (SP)
Cartões amarelos: (Sport) Cicinho, Edcarlos (Atlético-MG) Leandro Donizete

Gols:
Sport: Gilberto, aos 25 minutos do primeiro tempo
Atlético-MG: Danilinho, aos 34 minutos do primeiro tempo; Ronaldinho, aos 14, Jô, aos 20 e Bernard aos 27 minutos do segundo tempo

SPORT: Magrão; Cicinho (Moacir); Bruno Aguiar, Edcarlos e Reinaldo; Marquinhos Paraná (Gilsinho), Tobi, Felipe Menezes (Rithelly) e Marquinhos Gabriel; Felipe Azevedo e Gilberto
Técnico:Vágner Mancini

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete (Serginho), Ronaldinho e Danilinho (Escudero); Bernard (Guilherme) e Jô
Técnico: Cuca