Tamanho do texto

Time mineiro costuma levar a pior quando joga como visitante contra a equipe pernambucana

O Atlético-MG conta com Ronaldinho Gaúcho para vencer o Sport
Futura Press
O Atlético-MG conta com Ronaldinho Gaúcho para vencer o Sport

O primeiro objetivo do Atlético-MG era alcançar a liderança do Campeonato Brasileiro. Com a meta atingida, a próxima missão é manter a ponta da competição. Para isso, o time de Cuca terá que superar um adversário que costuma dar muito trabalho. Neste sábado, o clube mineiro encara o Sport , às 18h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No retrospecto geral, o Atlético-MG leva vantagem sobre o Sport. Em 27 jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG venceu oito, empatou treze e perdeu seis. Porém, quando o assunto são os jogos realizados em Recife, a situação muda de figura. Em 20 partidas, os atleticanos venceram apenas duas vezes, empataram dez e perderam em oito ocasiões.

Se quiser continuar liderando o Brasileiro, o Atlético-MG terá que melhorar esses números. O atacante Jô acredita que é possível vencer o Sport fora de casa e afirma que o gosto da vitória é muito bom. Por isso, quer continuar na ponta do Brasileiro para se acostumar a ser o primeiro colocado.

Leia mais:  Atlético-MG registra contrato de André, mas jogador não pega o Sport

"É difícil dizer que a gente se acostumou. Acho que estamos na terceira rodada como líder. Muitas equipes já conseguiram chegar. Mas acho que o gosto da vitória todo mundo sabe o tanto que é bom. A liderança é ainda melhor porque a gente procura isso. A equipe está nesse espírito, e é importante continuar assim", declarou.

Para enfrentar o Sport, o técnico Cuca poderá contar justamente com a volta do atacante Jô, que cumpriu suspensão no duelo contra o Internacional e fica à disposição. Outro jogador que ganha condições de jogo é o volante Serginho, que também cumpriu suspensão automática, mas deve ficar na reserva contra o Leão.No time pernambucano, a palavra de ordem é reabilitação após a derrota para o Grêmio, na última rodada. Para triunfar em cima do Galo, o técnico Vágner Mancini tem praticamente todo o elenco à disposição. A exceção é o armador Hugo, que chegou ao clube no começo da semana, e o atacante Magno Alves, que manifestou o desejo de jogar, mas ainda precisa aprimorar a forma física.

Veja também: Galo tem 2º melhor início da era dos pontos corridos e bate Cruzeiro-2003

O comandante do Leão reclama do pouco de preparação que teve para armar a equipe para enfrentar o líder da competição. Segundo Mancini, o ideal seria que o Sport tivesse um tempo maior para que os atletas que chegaram recentemente pudessem se entrosar mais. O treinador alega que por ser a equipe mais jovem da competição, o equilíbrio demora um pouco mais para chegar ao Leão.

"No futebol necessitamos de tempo, de rodagem. Contra o Grêmio, foi o primeiro jogo do Felipe Menezes, o segundo do Renan. Já o Cicinho fez seu primeiro jogo inteiro. Isso atrapalha sim, mas todos têm isso. O que nos prejudica é que somos a equipe mais nova, que está se reestruturando há menos tempo", disse.

FICHA TÉCNICA
SPORT X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data: 21 de julho de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e João Chaves (SP)

SPORT: Magrão; Bruno Aguiar, Edcarlos e Reinaldo; Cicinho, Renan Teixeira, Rithelly, Tobi e Marquinhos Gabriel; Felipe Azevedo e Gilberto
Técnico: Vágner Mancini

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho e Danilinho; Bernard e Jô
Técnico: Cuca

* com Gazeta