Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Site internacional do Corinthians ignora próprio título da Copa Libertadores

Construção do estádio que vai receber a abertura da Copa de 2014 e título do Campeonato Brasileiro de 2011 também são esquecidos nas versões em inglês e espanhol

João Pontes -iG São Paulo |

Desde a contratação de Ronaldo Fenômeno, em dezembro de 2008, o marketing do Corinthians trabalha para internacionalizar a marca do clube. Agora, com a conquista do inédito título da Copa Libertadores, o projeto será intensificado. No entanto, em uma questão básica, o clube do Parque São Jorge está parado no tempo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Lançado em 2009, o site internacional do clube (www.corinthians.com.br/internacional) ficou abandonado. Nas versões em inglês e espanhol, a equipe do Parque São Jorge não contabiliza os títulos do Campeonato Brasileiro de 2011 e da Copa Libertadores de 2012.

Leia mais: Após duas vitórias, Cássio vê Corinthians com chances de título no Brasileiro

A construção da Arena Corinthians, que vai receber a abertura da Copa do Mundo de 2014, também não é citada em ambas as versões. Outras informações importantes estão desatualizadas. Andrés Sanchez, por exemplo, aparece como atual presidente do clube. Já no plantel de jogadores, ainda é possível encontrar Adriano Imperador entre os atacantes.

Principal missão

Em 2011, no relatório de sustentabilidade anual do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, então diretor de marketing , disse que tornar a marca do clube mais conhecida no exterior deveria ser uma prioridade da nova diretoria.

Com essa missão, Rosemberg, atualmente vice-presidente do Corinthians, participou diretamente da contratação do meia-atacante chinês Chen Zhi-Zhao. O jogador, que ainda não entrou em campo, foi apresentado em março na sede social do clube, palco em que a diretoria havia feito festa somente para estrelas como Ronaldo e Roberto Carlos.

Em entrevista ao iG, três dias após a conquista da Copa Libertadores, Rosemberg comentou que o título representava um passo “gigantesco” para a internacionalização da marca Corinthians. “Era uma arma que desejávamos muito, anteciparia várias de nossas metas (amistosos, pré-season, venda de camisas, penetração maior na web, etc), mas que escapava do nosso poder de fazer acontecer”, explicou.

Apesar do site internacional estar abandonado, o Corinthians planeja algumas ações para conquistar o mercado asiático durante a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro deste ano. Com muito prestígio no exterior, o ex-atacante Ronaldo, por exemplo, deve viajar para o Japão como embaixador oficial do clube.

Entre para a torcida virtual do Corinthians: 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG