Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred quebra marca histórica e Fluminense goleia o Bahia

Atacante marcou dois na vitória por 4 a 0 e se tornou o maior artilheiro da equipe em Brasileirões

Renan Rodrigues - iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

A noite teve um dono, mas a torcida do Fluminense também participou da festa. O atacante Fred marcou duas vezes na goleada de 4 a 0 do Fluminense sobre o Bahia, na noite desta quinta-feira, no Engenhão, e se tornou o maior artilheiro da equipe na história do Campeonato Brasileiro. O camisa 9 chegou ao 44º tento com a camisa do clube na competição, ultrapassando Magno Alves, que marcou 43 entre 2000 e 2002.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com a vitória, o Fluminense mantém a invencibilidade no torneio e chega aos 22 pontos, na terceira colocação, três pontos atrás do líder Atlético-MG. Já o Bahia se afunda ainda mais na tabela e cai para a 19ª posição, com apenas sete pontos.

Na próxima rodada o time carioca vai até Campinas, onde enfrenta a Ponte Preta no domingo, às 18h30. No mesmo dia e hora, o Bahia recebe o Coritiba no estádio Pituaçu.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

O Jogo
O Fluminense levou a campo o que tinha de melhor. Carlinhos, que chegou a ser dúvida por conta de dores no tornozelo, começou a partida sem problemas. O Bahia, bastante desfalcado, conseguiu um reforço de última hora. O departamento jurídico do clube conseguiu um efeito suspensivo e o atacante Souza pode atuar no Engenhão.

Photocamera
Fred comemora o gol do Fluminense com os companheiros

As equipes começaram a partida se estudando, valorizando a posse de bola sem acelerar tanto a partida. O Bahia se fechava na defesa e tentava ir ao ataque quando ficava com a posse de bola, explorando alguns contra-ataques. Nos primeiros 15 minutos, apenas chutes de fora da área levaram algum perigo: Hélder arriscou pelo Bahia, e Deco e Thiago Neves responderam pelo time da casa.

Apesar da maior posse de bola, o Fluminense não conseguia manter uma pressão sobre o adversário por muito tempo. Forçando as jogadas pelo meio, o time acabava errando passes, permitindo que o Bahia, que executava uma boa marcação, jogasse no seu erro. Aos 24 minutos, Carlinhos arriscou de perna direita, mas Lomba fez boa defesa.

As maiores emoções foram reservadas para o final da primeira etapa. Aos 40 minutos, depois de um cruzamento rasteiro de Jean a defesa do Bahia errou e Marcelo Lomba salvou um gol contra. Cinco minutos depois, após passe errado de Edinho, Kleberson puxou contra-ataque e tabelou com Mancini, mas se atrapalhou na frente do gol, na pequena área, e Gum afastou no último lance da primeira etapa.

Veja fotos da rodada do Brasileirão

As equipes voltaram sem mudanças para o segundo tempo, mas o Fluminense foi muito mais incisivo desde os primeiros minutos. Tanto que aos dois, Wellington Nem recebeu na área, dividiu com Marcelo Lomba e o árbitro Fabrício Neves Correa marcou pênalti.

Fred cobrou no cantinho, sem chances, e marcou seu 43º gol em Campeonatos Brasileiros com a camisa do Fluminense, igualando-se a Magno Alves como maior artilheiro do tricolor carioca no torneio nacional.

Após o gol, o Bahia tentou sair mais para o jogo, sempre buscando o meia Mancini pela direita. Mesmo assim, quem definiu o jogo foi o Fluminense. Wellington Nem avançou pela esquerda e deixou com Fred, que, invertendo os papéis, cruzou na medida para Thiago Neves marcar de cabeça, aumentando o placar no Engenhão.

Com o Bahia abatido, Fred conseguiu alcançar a desejada marca histórica. Em outro pênalti, desta vez sofrido pelo próprio, o atacante marcou novamente e ultrapassou Magno Alves. No fim, ainda deu tempo de Fred brilhar mais um pouco, lançando para Wallace, que invadiu a área, driblou Mancini e chutou de bico para o gol, encerrando a noite de festa.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE 4 X 0 BAHIA

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de julho de 2012 (Quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Fábio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Marcelo Lomba e Danny Morais (BAH) 

GOLS
FLUMINENSE: Fred, aos três e aos 29, Thiago Neves, aos 20, e Wallace aos 42 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos (Wallace); Edinho (Leandro Euzébio), Jean (Fábio Braga), Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred
Técnico: Abel Braga

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabinho, Danny Morais, Titi e Gerley (Zé Roberto); Hélder, Diones, Mancini, Kléberson (Junior) e Vander; Souza
Técnico: Paulo Roberto Falcão

Leia tudo sobre: FluminenseBahiaCampeonato Brasileiro 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG