Com o resultado, o time paranaense deixou a zona da degola do Campeonato Brasileiro

Uma semana após a decisão da Copa do Brasil, Coritiba e Palmeiras , mais uma vez, empataram por 1 a 1 no estádio Couto Pereira. Nesta quinta-feira, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, o time paulista abriu o placar com Patrik, no primeiro tempo, e Anderson Aquino deixou tudo igual, na etapa final.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o resultado, o time paranaense deixou a zona do rebaixamento e terminou a rodada na 15ª colocação, com oito pontos. Já a equipe paulista, com um ponto a menos, ocupa o 18º posto.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

Agora, na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe o Náutico, domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena Barueri. No mesmo dia, às 18h30 (horário de Brasília), o Coritiba enfrenta o Bahia, em Salvador.

O goleiro Bruno pula para afastar o perigo na na área do Palmeiras
Futura Press
O goleiro Bruno pula para afastar o perigo na na área do Palmeiras

O jogo

Mesmo com uma série de desfalques, o Palmeiras começou a partida pressionando o Coritiba e abriu o placar logo aos cinco minutos. Juninho cruzou rasteiro, Betinho ajeitou e Patrik chutou forte no canto esquerdo do goleiro Vanderlei.

Nervoso em campo e errando muitos passes, o Coritiba criou a primeira jogada de perigo apenas aos 23 minutos. Após cruzamento de Ayrton, Pereira balançou a rede defendida pelo goleiro Bruno. No entanto, o zagueiro estavam em posição irregular e o bandeirinha marcou o impedimento.

Obina entrou no segundo tempo e reestreou com a camisa do Palmeiras
Gazeta Press
Obina entrou no segundo tempo e reestreou com a camisa do Palmeiras

A partir do gol anulado, o time da casa passou a dominar o jogo. Aos 35 minutos, em cobrança de falta, Ayrton chutou no canto e Bruno precisou se esticar todo para espalmar a bola. Sete minutos depois, Rafinha cruzou na pequena área Everton Costa testou a bola no chão e o goleiro palmeirense fez ótima defesa com o pé direito.

Leia mais:  Conquista invicta da Copa do Brasil 2012 vai virar livro no Palmeiras

Na etapa final, o Coritiba manteve a pressão dos últimos minutos do primeiro tempo. Preocupado, o Palmeiras ficou fechado na marcação e praticamente só avançou nos contra-ataques.

Melhor no jogo, o time da casa acertou o travessão de Bruno, aos 20 minutos, em falta batida por Ayrton. Dois minutos depois, enfim, o Coritiba conseguiu deixar tudo igual no Couto Pereira. Thiago Pimpão levantou na pequena área e Anderson Aquino desviou de cabeça para o fundo da rede: 1 a 1.

Depois do gol, Luiz Felipe Scolari, que estava nas tribunas do estádio, resolveu mexer no time e pediu para Murtosa promover a entrada de Obina na vaga de Betinho. Aos 31 minutos, o folclórico atacante sofreu falta quase na entrada da área. Na cobrança, Felipe chutou no ângulo e exigiu boa defesa de Vanderson.

Veja também:  Por audiência, Globo pede e CBF troca horários de jogo do Palmeiras

Aos 37 minutos, o Coritiba respondeu. Lincoln deixou Emerson na cara do gol, mas o zagueiro chutou em cima do goleiro Bruno. Nos minutos finais, os mandantes seguiram buscando o gol da virada, mas o Palmeiras segurou a pressão.

Veja fotos de todos os jogos da décima rodada do Campeonato Brasileiro


FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 19 de julho de 2012, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Thiago Gomes Brigido e Celso Luiz da Silva
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Éverton Ribeiro e Lincoln (Coritiba); Wellington, Juninho e Mazinho (Palmeiras)
Cartão vermelho: Pereira (Coritiba)
Gols: CORITIBA: Anderson Aquino, aos 22 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Patrik, aos 5 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Vanderlei; Ayrton, Pereira, Emerson e Lucas Mendes (Lincoln); Willian (Anderson Aquino), Junior Urso, Everton Ribeiro e Rafinha; Robinho e Everton Costa (Thiago Primão)
Técnico: Marcelo Oliveira

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Leandro Amaro, Wellington e Juninho; Márcio Araújo, Fernandinho, Patrik e Daniel Carvalho (Felipe); Mazinho (João Denoni) e Betinho (Obina)
Técnico: Flávio Murtosa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.