Depois de empatar contra o Coritiba, time continua na zona de rebaixamento

Márcio Araújo busca escapar da marcação do Coritiba
Futura Press
Márcio Araújo busca escapar da marcação do Coritiba

O empate por 1 a 1 com o Coritiba manteve o Palmeiras na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro . O auxiliar Flávio Murtosa, que comandou interinamente a equipe no Couto Pereira, na noite de quinta-feira, não vê motivos para desespero e recorda que o time estava priorizando a Copa do Brasil até a semana passada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A primeira medida necessária é a vitória, porque só com os três pontos podemos galgar posições. Mas precisamos ter calma, porque saímos de uma competição árdua, que foi planejada e conquistada. Tivemos logo na sequência jogos contra São Paulo e Coritiba com bons resultados", avaliou, citando dois empates.

O Palmeiras teve a chance de deixar a área da degola na quinta-feira, mas cedeu o empate para o Coritiba no segundo tempo. Com isso, o clube paulista aparece na 18ª posição do Brasileirão, com apenas sete pontos.

Leia mais: Após dez rodadas, Palmeiras registra seu segundo pior início nos pontos corridos

Mesmo assim, Murtosa acredita que a forma como o clube conquistou o título da Copa do Brasil serve de exemplo para escapar também da parte de baixo da classificação.

"Não foi por acaso que tivemos aquela conquista, com empenho geral e participação coletiva. Quando as pessoas deste grupo entendem que todos precisam de participação, o time cresce. Às vezes, não apresenta um bom futebol, mas compensa pela vontade, como aconteceu hoje (quinta)", ponderou.

Veja também: Patrik festeja aniversário com gol e agradece a Betinho

O Palmeiras busca uma vitória no domingo para enfim sair da área de perigo. O jogo será contra o Náutico, na Arena Barueri, e contará com o retorno do técnico Luiz Felipe Scolari, que cumpriu suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Na partida desta quinta, Felipão montou o time, mas o auxiliar alega ter decidido sozinho as mudanças durante os 90 minutos. "Ele trabalhou na semana e até na palestra antes do jogo. A partir daí, como estava impossibilitado de ficar no banco, quem tomou as decisões fui eu", ponderou o interino.

E ainda: Obina valoriza empate e promete evolução nos próximos jogos do Palmeiras

O time tem ainda outros retornos confirmados. Maikon Leite, Henrique e João Vitor, que cumpriram pena automática em Curitiba, ficam à disposição do treinador, assim como Valdivia, liberado pelo STJD.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.