Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

PSG não libera Nenê e frustra pretensões do Corinthians em contratar atacante

Leonardo, diretor do clube francês, vetou retorno de atacante ao futebol brasileiro

iG São Paulo | - Atualizada às

O Corinthians teve frustrado o seu sonho de repatriar o atacante Nenê, do Paris Saint Germain, pretendido pela diretoria do clube paulista. O jogador que completou 31 anos nesta quinta-feira informou por meio de seu site oficial que Leonardo, diretor esportivo do clube francês, que ele não seria liberado para negociar com o Corinthians. O presidente Mário Gobbi declarou há dois dias que esperava por um sinal do clube francês para apresentar um contrato a Nenê.

Getty Images
Nenê não foi liberado pelo PSG

"La U" diz que oferta do Corinthians pelo zagueiro Rojas é "ofensiva"

O atacante tem contrato com o PSG até junho de 2013 e perderá espaço no elenco do técnico Carlo Ancelotti por conta da chegada do sueco Zlatan Ibrahimovic. O clube francês abriu os cofres para contratar outros jogadores nesta janela de transferências como o atacante argentino Ezequiel Lavezzi o que pode forçar a negociação de Nenê.

“Conversei algumas vezes com representantes do Corinthians e criei a real expectativa de voltar para meu país e disputar o Mundial do Japão, no final do ano. Meus filhos, que moram em Jundiaí, até pediram para que eu fosse para o Parque São Jorge. Mas tenho mais um ano de contrato com o PSG e essa decisão não dependia apenas de mim”, explicou Nenê em seu site.

Liédson divulga vídeo de despedida e oficializa saída do Corinthians

A diretoria corintiana não estava disposta em gastar para contratar Nenê, com multa rescisória prevista em R$ 30 milhões. O clube contava com a vontade de Nenê em voltar ao Brasil para conseguir sua liberação na França. Porém, com mercado na Europa, Nenê pode ser negociado. A janela para transações entre clubes europeus fecha no final de agosto.

O Corinthians contratou dois atacantes após a conquista da Libertadores: o peruano Paolo Guerrero e o argentino Juan Martínez. Os reforços serviram para suprir as saídas de Liedson (sem clube), Willian (vendido ao Metalist) e Gilsinho (cedido ao Sport). O clube ainda perdeu o zagueiro Leandro Castán (vendido para a Roma), o lateral-esquerdo Ramon (emprestado ao Flamengo) e o meia Alex (vendido ao Al-Gharafa). 

A janela de transferências para a entrada de jogadores do exterior para o mercado do futebol brasileiro fecha nesta sexta-feira.

Leia tudo sobre: corinthiansnenêmercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG