Equipes vivem momentos opostos na tabela e campanha irregular do Bahia deixa treinador ameçado

Fluminense terá o retorno do meia Deco, que estava suspenso na última rodada
Photocamera
Fluminense terá o retorno do meia Deco, que estava suspenso na última rodada

Pressionado pelas vitórias de Atlético-MG e Vasco na abertura da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro , o Fluminense terá uma perigosa responsabilidade na noite desta quinta-feira, quando recebe o Bahia , às 21h, no Engenhão.

Com 19 pontos, na 3ª colocação, o time das Laranjeiras tem 'obrigação' de vencer em casa para não deixar os rivais se distanciarem na ponta, mas terá pela frente um time desesperado para mudar sua atual situação.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em lados opostos na tabela, os dois tricolores vivem climas diferentes. No Bahia , a 18ª colocação e os sete pontos conquistados até aqui ligaram o sinal de alerta. Apesar de evitar falar no assunto, o técnico Falcão segue pressionado. Uma vitória pode tirar o time da zona de rebaixamento e aumentar a confiança para a sequência da competição.

Leia mais: Ex-lateral do Fluminense acerta contrato e já treina no Real Madrid

Única equipe que ainda está invicta na competição, o Fluminense quer deixar os números e tabus de lado. No longo Brasileirão, mais importante do que metas distantes está a vitória na rodada seguinte, acredita o meia Thiago Neves.

"O importante é sempre pensar no próximo jogo. Não estamos de olho em alcançar o décimo jogo invicto no Brasileiro, por exemplo. Não pensamos em marcas, e sim em levantar a taça no fim. Temos que ganhar sempre se quisermos conquistar o título", disse o camisa sete. 

O Fluminense entrará em campo reforçado. O goleiro Diego Cavalieri, que ficou de fora da partida contra o Botafogo por conta de uma virose, volta ao time titular na vaga de Ricardo Berna. Wellington Nem, que foi banco no clássico, mas entrou na segunda etapa, também assume a posição de titular no lugar de Samuel. Por último, o meia Deco, que cumpriu suspensão automática, fica com a vaga de Wagner.

Veja mais: Fred vive expectativa de assumir artilharia do Fluminense em Brasileiros

A única dúvida fica por conta do lateral esquerdo Carlinhos, que sofreu uma panca no tornozelo durante o treino de terça-feira e segue com dores no local. Se não puder entrar em campo, Carleto receberá uma chance na equipe.

E ainda: Grêmio vê negociação complicada e desiste de Rafael Sóbis

Pelo lado do Bahia , o técnico Paulo Roberto Falcão continua ameaçado de demissão e uma derrota pode lhe custar o cargo. O treinador, inclusive, tem evitado o contato com a imprensa para evitar maiores polêmicas. Já os jogadores admitem que as dificuldades no Rio de Janeiro serão enormes.

Falcão espera vencer para tirar o Bahia da zona de rebaixamento
Divulgação
Falcão espera vencer para tirar o Bahia da zona de rebaixamento

“O Fluminense tem um dos melhores times do país, vai buscar a vitória de qualquer maneira e vamos encontrar muitos problemas pela frente, como já vem acontecendo no Campeonato Brasileiro , onde não há jogo tranquilo. Temos é que nos impor mesmo como visitantes na busca do único resultado que nos interessa, a vitória”, disse o zagueiro Danny Morais.

Veja também: Árabes rejeitam proposta e Flu tem 24 horas para fechar com Sóbis

O Bahia entrará em campo muito desfalcado, já que o volante Fahel, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo , e o atacante Souza, punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter dado uma cotovelada no zagueiro Antônio Carlos na derrota de 3 a 1 para o Botafogo , cumprem suspensão.

Assim, Lenine e Gerley disputam vaga no meio-campo, enquanto Júnior atuará no ataque. O meia Gabriel, com um estiramento no músculo anterior da coxa direita, cede seu posto a Vander.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE-RJ X BAHIA-BA

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de julho de 2012 (Quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Fábio Pereira (TO)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos (Carleto); Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred
Técnico: Abel Braga

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabinho, Danny Morais, Titi e Gerley; Hélder, Diones, Mancini, Kléberson e Vander; Júnior
Técnico: Paulo Roberto Falcão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.