Ameaçado de não jogar com dores no tornozelo, lateral admite ter atuado no sacrifício para não desfalcar mais o time do Vasco

Autor do gol que manteve o Vasco na vice-liderança do Campeonato Brasileiro na vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo , na noite desta quarta-feira, no Morumbi, Fágner contou um pouco com a sorte. O chute do lateral-direito teve a colaboração do goleiro Dênis, que, mesmo com a bola na sua direção e à meia altura, acabou aceitando um frango.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O jogador vascaíno, no entanto, defendeu o goleiro são-paulino.

Fágner homenageou o filho Henrique ao comemorar seu gol contra o São Paulo
Hilton Mattos
Fágner homenageou o filho Henrique ao comemorar seu gol contra o São Paulo

“Acho que o Dênis esperava uma bola cruzada na hora do gol, por isso foi surpreendido”, comentou Fágner, que correu para as câmeras de televisão para homenagear o filho Henrique.

Leia mais:  Juninho festeja vitória em seu 350º jogo pelo Vasco

Sobre a vitória fora de casa, o lateral teve motivo especial para comemorar. Por pouco, ele não desfalcou a equipe. Com dores no tornozelo direito, só foi confirmado na véspera, já que não treinara desde segunda-feira.

Veja também:  Vasco vence o São Paulo no Morumbi e torcida protesta contra Juvenal Juvêncio

Como o técnico Cristóvão Borges já não contava com seis jogadores importantes – Rodolfo, Renato Silva, Eduardo Costa, Felipe, Eder Luis e Fellipe Bastos -, Fágner colaborou com o treinador, indo para o sacrifício.

Depois de Juninho e Dedé, veterano Felipe renova com o Vasco até 2013

"Foi uma superação minha, sim. E do grupo também, porque jogar bem aqui dentro do Morumbi é muito complicado. Todos nós sabemos que o São Paulo é um time forte”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.