Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Riquelme adia última coletiva pelo Boca e mantém mistério

Meia não esteve na reapresentação do elenco e destino permanece incerto. Flamengo, Cruzeiro e Grêmio têm interesse na contratação

Gazeta |

AP
Riquelme lamenta o vice da Libertadores para o Corinthians

A expectativa dos torcedores do Boca Juniors e da imprensa argentina era de que Juan Román Riquelme , de 34 anos, aparecesse na reapresentação da equipe para dar a sua última coletiva como jogador do clube de Buenos Aires. No entanto, o meia não compareceu.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Sem o atleta no local, os argentinos se limitaram a acompanhar os primeiros treinamentos dos comandados de Julio Cesar Falcioni após a perda do título da Copa Libertadores. A tendência é que Riquelme e a diretoria do Boca Juniors cheguem a um acordo ainda nesta semana e que Riquelme dê adeus logo em seguida.

Veja também: Cruzeiro minimiza idade de Riquelme e confirma interesse

A ansiedade criada em torno da coletiva de Riquelme é explicada pelo possível anúncio de seu novo clube. Segundo o diário esportivo "Olé", o armador teria recebido ofertas dos Estados Unidos, Oriente Médio e China, mas a decisão de sua família poderia pesar contra os clubes destes países. Com isso, times brasileiros ganham pontos junto ao jogador e poderão ter uma liberdade maior para negociar a sua transferência.

Leia ainda: Milhares se mobilizam para tentar evitar saída de Riquelme

Os interessados no futebol de Riquelme são Flamengo, Cruzeiro e Grêmio. Os cariocas receberam uma resposta negativa do brasileiro Diego nos últimos dias e devem ir atrás do meia para reforçar o fragilizado setor de criação da equipe. Já o Cruzeiro foi o primeiro clube brasileiro a divulgar o desejo na contratação e mantém os detalhes em sigilo. O nome do Grêmio, por sua vez, surgiu na imprensa argentina nesses dias e poderá aparecer como um elemento surpresa nas negociações.

Leia tudo sobre: Boca JuniorsRiquelmeFlamengoGrêmioCruzeiromercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG