Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rhodolfo reclama de companheiro por gol de "baixinho" do Palmeiras

Com 1,65m, Mazinho fez de cabeça o gol de empate no clássico contra o São Paulo

Gazeta |

O gol de cabeça de Mazinho, que decretou o empate por 1 a 1 no clássico deste domingo, tirou Rhodolfo do sério. Sem citar nome, o zagueiro do São Paulo saiu de campo criticando o companheiro que estava na marcação do meia-atacante do Palmeiras, de 1,65m.

"Quem vier para ajudar, tem que se matar. Não dá para um baixinho chegar à área e fazer o gol. Tem que ficar no cara até o final. Não temos como fazer milagre toda hora ali atrás", disse o zagueiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O marcador de Mazinho na jogada era Douglas. O palmeirense tomou sua frente no primeiro lance, quando chutou e viu Denis espalmar, e foi esquecido por ele na sequência. Livre do cerco do lateral direito são-paulino, o meia-atacante conseguiu o cabeceio do empate, quando o Palmeiras já perdido o zagueiro Henrique, expulso.

"A gente tinha que ser mais inteligente, ter um pouco mais de pegada. Demos mole. Com um jogador a mais, deixamos os caras empatarem. Não podemos admitir isso. Tem que se cobrar. Temos time para ser campeão, mas temos que jogar como um time campeão", falou Rhodolfo, justificando a raiva.

Leia mais: Após empate, Valdivia diz que o SP se assustou com raça do Palmeiras

Neste domingo, o defensor contou com um novo parceiro: Rafael Toloi, recém-contratado junto ao Goiás. O estreante também participou da jogada que definiu o resultado. Ele foi quem, em vão, tentou o primeiro corte após a cobrança de escanteio pelo lado direito.

Com esse gosto de derrota por deixar escapar um bom resultado, o São Paulo chegou a 18 pontos, na quinta colocação. Seu próximo compromisso será na quarta-feira, diante do Vasco, no Morumbi.

Leia tudo sobre: rhodolfosão paulopalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG