Estabelecimento do meia do Botafogo não emitiu notas fiscais em pelo menos dez ocasiões

EFE

Restaurante do meia Seedorf na Itália está na mira do fisco
Gazeta Press
Restaurante do meia Seedorf na Itália está na mira do fisco

O fisco italiano abriu uma investigação sobre o restaurante do qual o meia Seedorf , do Botafogo , é sócio em Milão, por não declaração de consumações de clientes que, somadas, ultrapassam o valor de 2,5 mil euros.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Os inspetores da Receita descobriram que o restaurante "Finger's", habitualmente frequentado por jogadores de futebol e outras celebridades, não emitiu notas pelo menos em dez ocasiões, informa nesta segunda-feira o jornal "Corriere della Sera". Também segundo a publicação, o estabelecimento será multado e corre até o risco de fechar.

Leia mais:  De Forlán a Riquelme, Brasileirão ainda pode receber muitas caras novas

Entre os clientes assíduos do Finger's, cuja especialidade é a cozinha japonesa, estão o casal David e Victoria Beckham, e também modelos e jovens de famílias ricas. O chef e sócio de Seedorf , Roberto Obake, afirmou ao jornal que as notas fiscais não declaradas ainda seriam faturadas.

Confira ainda:  De camarote, Seedorf presencia empate em 1 a 1 entre Botafogo e Fluminense

"Eram contas que seriam regularizadas, como sempre fazemos", disse, lembrando que o restaurante é o oitavo que mais arrecada impostos em Milão, cidade onde um em cada três estabelecimentos comerciais não costuma dar notas, segundo o "Corriere". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.