Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guerrero chega ao Corinthians e justifica fama de bad boy. "Não gosto de perder"

Atacante peruano veste camisa corintiana e promete empenho para vencer sempre

Bruno Winckler , iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Guerrero já começou a treinar no Corinthians

O atacante peruano Paolo Guerrero fez nesta segunda-feira seu primeiro treino pelo Corinthians. Na sua apresentação, o jogador de 28 anos justificou a fama de "bad boy" que carrega desde os tempos que defendeu o Hamburgo, na Alemanha. Por lá, se envolveu em polêmicas com torcedores e outros jogadores por um motivo: "Não gosto de perder", disse Guerrero.

Leia também: Guerrero tem medo de andar de avião e passado com polêmicas

"Sou temperamental, não gosto de perder, não gosto quando perco nenhum jogo. E aí, dependendo da temperatura da partida, fiz algumas coisas. Mas cada vez que passei por isso eu aprendi, são experiências, coisas do futebol. Com o tempo você vai aprendendo, fica mais maduro. Mas uma coisa é certa. Vou a campo para ganhar sempre", disse Guerrero.

Veja fotos da carreira de Guerrero na Alemanha


O atacante, que estava de férias da temporada europeia e ficou três semanas sem treinos, pediu duas semanas para entrar em forma e estrear pelo Corinthians. "Estou começando meu treinamento fisico. Não estou 100% bem, estava de férias e estou a três semanas sem treinar desde minha última convocação para a seleção (peruana). Acho que em duas semanas estarei bem para jogar", disse o novo jogador do Corinthians.

Você aprova a contratação de Paolo Guerrero pelo Corinthians? Comente

Se sua previsão se confirmar, a estreia deve acontecer no domingo, dia 29, contra o Bahia em Salvador. Caso haja algum imprevisto, O primeiro jogo pode acontecer também no dia 5 de agosto, contra o Vasco, no Rio de Janeiro.

Veja mais: Vendido para time do Catar, Alex não treina no Corinthians

Bem humorado durante a coletiva (que contou com muitos jornalistas peruanos), Guerrero falou sobre sua preferência em vestir com a camisa 9, hoje de Liedson. "Fui o camisa 9 no Hamburgo, na seleção peruana. Aqui não vai ser diferente", disse o atacante. Liedson está em final de contrato e não joga mais pelo Corinthians.

Artilheiro da Copa América de 2011 com cinco gols, Guerrero também disse que tentará ser o goleador da equipe no Brasileirão. "Vou entregar tudo de mim no campo. Não gosto de perder, vou tentar começar metendo gols para ajudar a equipe a se recuperar no Brasileirão. Ser goleador é o que todos atacantes querem", disse o futuro camisa 9 corintiano.

Leia tudo sobre: corinthianspaolo guerrerobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG