Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Frizzo aposta na reeleição de Tirone para Felipão ficar no Palmeiras

Vice-presidente de futebol do Palmeiras vê permanência de Felipão ligada à reeleição do presidente Tirone

Gazeta |

Após o título do Palmeiras na Copa do Brasil, o técnico Luiz Felipe Scolari foi exaltado como um dos principais responsáveis pela primeira conquista palmeirense desde 2008, quando foi campeão paulista sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. Com contrato até o final do ano, o pentacampeão mundial prefere não pensar em uma possível renovação por conta das eleições que acontecem no clube, em janeiro.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AE
Roberto Frizzo disse que Felipão pode ficar caso haja a reeleição de Tirone

Os atuais mandatários do clube, porém, sonham alongar o vínculo com o gaúcho. Embora tenha divergido do comandante durante esta segunda passagem de Felipão pelo Alviverde, iniciada no meio de 2010, o vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo, revelou seu desejo em mantê-lo e aposta na reeleição da diretoria para seduzir o atual treinador.

Leia mais: Após empate, Valdivia diz que o São Paulo se assustou com raça do Palmeiras

"Tenho a impressão de que, eu e Tirone continuando, ele (Felipão) continua conosco. Porque é muito grande nossa vontade de mantê-lo conosco", ressaltou o dirigente, em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Felipão havia dito que não tinha chance de permanência em 2013 no clube. Depois da vitória sobre o Coritiba, na Copa do Brasil, porém, o treinador aliviou o discurso, abriu possibilidade de ficar, mas lembrou do processo eleitoral que o Verdão vive. Por conta da indecisão sobre quem irá gerir o clube, Frizzo acompanhou a fala de seu atual treinador.

Confira ainda: Felipão reclama de Luis Fabiano e pede contratação de dois reforços

"Nós também temos ‘contrato’ até o fim do ano. Tem eleição no clube em janeiro. Como o Felipe sempre disse, não sabemos se vamos ficar, porque não sabemos quem poderá vir a gerir o clube nos próximos dois anos", constatou.

Após seu quarto título na Copa do Brasil, Felipão foi exaltado pelo elenco palmeirense, com pedidos de Valdivia e do ex-goleiro Marcos, por exemplo, para que ele ficasse e disputasse a Libertadores, torneio que conquistou pelo Verdão em 1999.

Leia tudo sobre: palmeirasfelipãoroberto frizzoarnaldo tirone

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG