Vice-presidente diz que atacante tem interesse em voltar ao Brasil, mas contrato de dois anos com o Milan complica o acerto

Ídolo do Santos , o atacante Robinho é tido como um sonho da torcida para reforçar o time no ano do centenário do clube. Porém, segundo o vice-presidente Odílio Rodrigues, a hipótese de uma possível volta do atacante, atualmente no Milan (Itália), para a Vila Belmiro, é considerada uma tarefa complicada neste momento.

Você quer a volta de Robinho ao Santos? Deixe seu comentário!

"Não é fácil, porque o Robinho ainda tem dois anos de contrato com o Milan. Além disso, eles (italianos) gastaram 22 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões), incluindo comissões referentes à negociação, para terem o Robinho. Claro que é um desejo contar com o Robinho, mas agora seria muito difícil", explicou Odílio em entrevista à rádio "Estadão/ESPN". O dirigente alvinegro ainda negou que uma reunião com a cúpula italiana esteja marcada para essa semana e que o Santos enviaria representantes até Milão para discutir um possível acordo.

VEJA:  Vice diz que Santos não será barreira para a saída de Ganso

Robinho ainda tem 2 anos de contrato com o Milan
Getty Images
Robinho ainda tem 2 anos de contrato com o Milan

"Não tem nada (viagem para a Itália). O Robinho esteve aqui passando férias, conversou com a gente e deixou claro que um dia quer voltar. O Santos também quer que ele retorne um dia. Ele tem uma identidade muito grande com o Santos e acredito que um dia isso irá acontecer", comentou o vice-presidente, sem criar maiores expectativas para os torcedores alvinegros.

MAIS:  Após empate com Inter, Muricy confirma renovação até o fim de 2013

Indagado sobre a possibilidade de a equipe santista incluir o goleiro Rafael na negociação, Odílio Rodrigues destacou que nenhuma oferta do Milan chegou à direção nos últimos dias. Nos bastidores, a informação é a de que os italianos estariam dispostos a pagar até 7 milhões de euros (R$ 17 milhões) pelo arqueiro santista, que irá defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres .

LEIA:  Mesmo com um jogador a menos, santistas lamentam empate contra o Inter

"Sobre o Rafael nós sempre escutamos falar que o Milan teria interesse. Só que não recebemos nenhuma proposta por ele, seja do Milan ou de qualquer outro clube. Essa opção não ocorreu. Além disso, o Rafael é um excelente goleiro e nosso titular absoluto", finalizou o dirigente. Apesar de a cúpula alvinegra não ter confirmado a existência de uma oferta do Milan por Rafael, o empresário do atleta, Paulo Afonso, está na Itália desde a semana passada e pode voltar ao Brasil, nos próximos dias, com uma proposta oficial dos italianos ao Santos.

Ajude o Santos a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.