Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

De camarote, Seedorf presencia empate em 1 a 1 entre Botafogo e Fluminense

Andrezinho e Fred marcam os gols no clássico do Engenhão, válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro

Hilton Mattos - iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Desta vez, nem o talismã Seedorf deu sorte ao Botafogo. Depois das vitórias sobre Bahia e Corinthians assistidas de camarote pelo craque holandês, o time alvinegro ficou no empate em 1 a 1 com o Fluminense, gols de Fred e Andrezinho – ambos no segundo tempo -, na noite deste domingo, no Engenhão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com 17 pontos, o Fluminense recebe o Bahia na quinta-feira, também no Engenhão. O resultado manteve o time dirigido por Abel Braga no G-4. Um dia antes, na quarta, o Botafogo, que tem um ponto a menos, sai para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro.

O jogo

O Fluminense começou pressionando. Logo aos cinco minutos, Jean cobrou falta pelo lado esquerdo e Fred, de cabeça, subiu mais que a defesa alvinegra. A bola, caprichosamente, explodiu no travessão, assustando o goleiro Jefferson.

O lance, no entanto, fez o Botafogo acordar. E o jogo passou a ser equilibrado. Supersticioso, o time alvinegro tinha um talismã: o craque holandês Clarence Seedorf, que mais uma vez marcou presença no estádio. No novo camisa 10 acompanhou, de camarote, às vitórias sobre Bahia (3 a 0) e Corinthians (3 a 1).

Leia mais: Seedorf chega ao Engenhão para torcer pelo Botafogo contra o Fluminense

E, segundo os alvinegros, foi a presença de Seedorf que evitou novamente o primeiro gol tricolor aos 16 minutos. Thiago cobrou falta da direita, a bola passou por todo mundo e sobrou para Anderson, livre escorar. Mas o jogador estava desequilibrado e acabou concluindo para fora.

O Botafogo explorava a velocidade de Cidinho pela direita. Mas tinha dificuldade de penetrar com chances de finalização na área tricolor. Tanto que a primeira vez que torcida alvinegra deixou de roer as unhas para esboçar um grito de gol foi aos 29, com Andrezinho, que assim mesmo arriscou da entrada a área. A bola passou por cima do travessão.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

Agência O Globo
Novo reforço do Botafogo Seedorf marcou presença no Engenhão

E foi só. O Fluminense continuou pressionando. E, com mais volume de jogo, aparecia com perigo. Chance mesma na frente de Jefferson só na conclusão de Fred, de carrinho, após cruzamento rasteiro de Carlinhos. A bola subiu. Antes, Thiago Neves, de fora da fora, tentou surpreender o goleiro alvinegro de surpresa, mas o chute saiu fraco.

O Botafogo voltou para o segundo tempo com Fellype Gabriel no lugar de Cidinho. Só que mais uma vez era o Fluminense o time que mais oferecia perigo. Tanto que após cruzamento de Thiago Neves, da esquerda, Fred subiu de cabeça e, livre, testou para o fundo da rede: 1 a 0, aos oito minutos.

Mas os alvinegros não se entregaram. Pelo contrário. Foram atrás do empate e conseguiram, aos 23, com Andrezinho, também de cabeça, escorando cruzamento de Marcio Azevedo: 1 a 1. Fellype Gabriel teve a chance de desempatar, mas Ricardo Berna fez bela defesa com os pés.

No lado tricolor, Fred teve outra chance de cabeça. Jefferson se esticou torceu, torceu e viu a bola passar à sua esquerda. Os minutos finais foram dramáticos, pois as duas equipes arriscaram tudo e queimaram quase todas as substituições.

O Botafogo trocou ainda Jadson por Lucas Zen e Marcio Azevedo por Lennon. E no Fluminense Abel Braga tirou Wagner e Samuel para as entradas de Wellington Nem e Rafael Moura. Mesmo na base da pressão, as duas defesas souberam segurar o resultado.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO 1 X 1 FLUMINENSE

Local: estádio Olímpico João Havelange, o 'Engenhão'
Data: 15/07/2012 (Domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Auxiliares: Emerson Augusto (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

GOLS

Botafogo – Andrezinho, aos 21 minutos do segundo tempo

Fluminense – Fred, aos oito minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Samuel, Marcio Azevedo, Jadson e Thiago Neves

Renda: R$ 486.755,00

Público: 12.703 pagantes

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen (Jadson), Renato, Andrezinho e Cidinho (Fellype Gabriel); Elkeson e Vitor Júnior
Técnico: Oswaldo de Oliveira

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Bruno, Anderson, Gum e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner e Thiago Neves; Samuel (Wellington Nem) e Fred
Técnico: Abel Braga

Leia tudo sobre: BotafogoFluminenseBrasileirão 2012Seedorf

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG