Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Má fase de rivais deixa Geninho esperançoso com a Portuguesa

Time está na 13ª posição do Campeonato Brasileiro, à frente de Santos, Palmeiras e Corinthians

Gazeta |

AE
Geninho, técnico da Portuguesa

Desacreditada pelo seu torcedor e apontada como uma das fortes candidatas ao rebaixamento no Brasileiro, a Portuguesa conseguiu provar o seu valor nas últimas rodadas da competição e deixou para trás times de renome no cenário nacional. Na 13ª colocação, o clube conseguiu abrir uma ligeira distância para a degola e renovou as esperanças do técnico Geninho para o restante da temporada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A confiança do treinador com relação ao seu time se tornou ainda maior depois da vitória lusitana contra o São Paulo, na sexta rodada do campeonato. Enquanto a equipe somava pontos importantes neste triunfo e no empate sem gols com o Santos, equipes como Corinthians, Coritiba e Palmeiras priorizavam outras competições e se mantinham na parte inferior da tabela. Já clubes como Figueirense, Bahia e o próprio Santos continuavam irregulares e não conseguiam se distanciar da temida zona do rebaixamento.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

"Nós estamos trabalhando. Muita gente grande está atrás da Portuguesa e continua apostando na disputa do título. Se eles podem pensar dessa maneira, nós temos que ter a confiança de que vamos fazer um bom Brasileiro", destacou o bem-humorado comandante, orgulhoso do que o seu time vem apresentando em campo. "A equipe está muito equilibrada. A bola está correndo e temos poucos chutões. Se mantivermos essa postura nos jogos, teremos boas chances de vencer qualquer adversário."

O equilíbrio exaltado por Geninho durante a sua análise veio com a chegada de novos jogadores ao clube rubro-verde. Após a contratação de Dida, a Portuguesa trouxe os atacantes Diego Viana e William Xavier para compor o elenco, além de viabilizar o retorno de jogadores como Héverton e Ferdinando, emprestados para o futebol sul-coreano na última temporada.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Junto com a chegada destes reforços ao Canindé, o comandante definiu o melhor esquema tático para a Portuguesa e passou a utilizar a ânsia dos atletas em buscar uma vaga entre os titulares para embalar toda a equipe no Brasileiro. "Hoje temos um grupo maior e a disputa por uma vaga é muito leal. Quem está de fora torce pelo seu companheiro e continua buscando o seu espaço. O ambiente é o melhor possível, porque eles sabem que só jogará quem estiver bem nos treinos."

Sem se abalar com o revés sofrido para o Atlético-MG na última rodada, Geninho demonstrou confiança na recuperação da Portuguesa já na partida deste domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro. O time ainda não venceu fora de casa neste campeonato e precisará superar todas as adversidades impostas pelos pernambucanos em seus domínios para sair de campo com os três pontos que poderão colocar a Lusa mais perto do pelotão de frente da competição.

"Nós temos a consciência de que é sempre muito difícil de vencer na Ilha do Retiro. O Sport invariavelmente joga com 20 mil pessoas e lá dentro da equipe cresce muito com esse apoio. Eles chegaram a vencer uma Copa do Brasil em casa. Mesmo com estas qualidades, o Sport também é um time que perde lá. Se a gente não vencer, vamos pelo menos jogar bem, pois um jogo ruim é um retrocesso para a Portuguesa neste momento", finalizou o treinador.

Entre para a torcida virtual da Portuguesa

Leia tudo sobre: portuguesageninhobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG