Tamanho do texto

Náutico abriu o placar no Pacaembu, mas o meia-atacante fez dois gols e comandou a virada do atual campeão da Copa Libertadores

A ressaca pela conquista do inédito título da Copa Libertadores terminou. Neste sábado, no Pacaembu, o Corinthians voltou a jogar bem e venceu o Náutico por 2 a 1. O time visitante abriu o placar com Elicarlos, mas Danilo marcou dois gols e garantiu a segunda vitória do time do Parque São Jorge no Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o resultado, o Corinthians chegou a oito pontos e deixou pela primeira vez a zona de rebaixamento. No entanto, dependendo dos resultados deste domingo, a equipe comandada pelo técnico Tite pode voltar para a zona da degola.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

Agora, na próxima rodada, o atual campeão brasileiro enfrenta o Flamengo, quarta-feira, no Engenhão. No mesmo dia, o time pernambucano, que ocupa a 11ª colocação, recebe a Ponte Preta, no estádio dos Aflitos.

O jogo

Mesmo atuando fora de casa, o Náutico começou a partida pressionando o Corinthians. Em quatro minutos, o time visitante cobrou cinco escanteios e criou uma boa oportunidade para abrir o placar em cabeçada de Araújo.

Depois do susto, o time do Parque São Jorge respondeu aos sete minutos. Weldinho cruzou rasteiro, Danilo dominou quase na marca do pênalti e chutou forte no canto para a ótima defesa do goleiro Felipe.

Leia mais:  Martínez deixa o Vélez para assinar contrato com o Corinthians

Melhor em campo, o Náutico conseguiu tirar o zero do placar aos 21 minutos. O volante Elicarlos dominou a bola quase na entrada da área e tocou com categoria no canto, sem chance para Cássio.

Quando a pequena torcida do Náutico presente ao Pacaembu comemora o gol, Danilo não perdeu tempo e deixou tudo igual aos 22 minutos. O camisa 20 recebeu lançamento de Paulinho, dominou com estilo e chutou no ângulo para marcar um golaço.

Veja também:  Por Guilherme, Corinthians deve conversar novamente com a Lusa

A partir do gol de empate, o Corinthians controlou as ações e a equipe pernambucana ficou com quase todos os jogadores no campo de defesa. Aos 39 minutos, o time da casa quase conseguiu a virada. Romarinho fez boa jogada, deixou um zagueiro no chão e cruzou rasteiro para Emerson. Quando o atacante se preparava para fazer o gol, Jean Rolt cortou para escanteio.

No segundo tempo, o Corinthians foi com tudo para ataque e virou o placar aos quatro minutos. Emerson cruzou na área, o zagueiro do Náutico cortou errado e a bola pegou na trave. No rebote, Paulinho acertou o travessão. Depois, Danilo bateu cruzado: 2 a 1.

Confira ainda:  Willian, ex-atacante do Corinthians, chega ao Metalist

Apesar da virada, o Corinthians seguiu buscando o gol e criou algumas oportunidades para ampliar. Na melhor delas, aos 29 minutos, Paulinho lançou Emerson, o atacante invadiu a área e chutou cruzado para a defesa de Felipe.

No fim do jogo, o time da casa diminuiu o ritmo e o Náutico esboçou uma reação. Aos 45 minutos, Cássio saiu mal do gol e não conseguiu cortar o cruzamento. Romero ficou com a bola e acertou o travessão.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 NÁUTICO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 14 de julho de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Márcio Eustáquio (Fifa-MG) e Paulo César Faria (MT)
Cartões amarelos: Emerson (Corinthians); Elicarlos, Martinez e Lúcio (Náutico)

Gols: CORINTHIANS: Danilo, aos 22 minutos do primeiro tempo e aos quatro minutos do segundo tempo
NÁUTICO: Elicarlos, aos 21 minutos do primeiro tempo

Público: 23.198 pagantes
Renda: R$ 735.470,00

CORINTHIANS: Cássio; Welder, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Alex (Douglas); Emerson, Romarinho (Edenílson) e Danilo
Técnico: Tite

NÁUTICO: Felipe; Alessandro (Glaydson), Jean Rolt, Ronaldo Alves e Lúcio; Elicarlos, Martinez (Breitner), Souza e Kim (Romero); Rhayner e Araújo
Técnico: Alexandre Gallo