Tamanho do texto

Acerto com o clube é adiado, e atacante peruano poderá ser apresentado somente na próxima semana

Apalavrado com o Corinthians , o atacante peruano Paolo Guerrero motivou jornalistas de seu país a irem ao centro de treinamentos do clube paulista na tarde desta quinta-feira. O acerto entre as partes, porém, foi adiado, e ele poderá ser apresentado somente na próxima semana.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Leia também: Novo contratado do Corinthians tem medo de avião e passado com polêmicas

Seu advogado discutia o contrato oferecido pela diretoria, o que fez com que fosse adiado para sexta-feira o exame cardiológico pelo qual passaria o jogador de 28 anos nesta manhã, em um hospital na Zona Norte de São Paulo. Um dos detalhes era referente ao pagamento do 13º salário, garantido pelo clube, mas não especificado no acordo inicial.

E mais:  Corinthians gasta dois terços do recebido por Castán para contratar Guerrero

Guerrero tem vínculo com o Hamburgo até junho de 2014 e foi liberado pelo clube alemão após oferta de três milhões de euros (aproximadamente R$ 7,5 mi) do Corinthians. A decisão do atacante em deixar o futebol europeu causou estranheza nos jornalistas peruanos, pois é considerado o principal jogador do Peru na atualidade. Ocorre que o Hamburgo o incluiu na lista de negociáveis em virtude da fase irregular e de problemas fora de campo.

Veja ainda: Recuperado de dores, Emerson participa de treino corintiano e volta no sábado

Pesou também o atrativo do recente título da Copa Libertadores. No Corinthians, Guerrero, destaque de sua seleção na Copa América de 2011, poderá disputar o Mundial de Clubes.

Embora tenha divulgado fotografia de visita de Guerrero ao CT Joaquim Grava, onde foi recepcionado pelo compatriota Ramírez, o clube só confirmará a contratação de maneira oficial assim que o jogador for aprovado nos exames finais, nesta sexta-feira.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.