Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Riquelme não volta atrás e se despede oficialmente do Boca Juniors

O veterano meia-atacante tomou a decisão de deixar o time argentino após o Corinthians conquistar o título da Copa Libertadores

Gazeta |

AP
Riquelme lamenta vice da Libertadores para o Corinthians

Agora é oficial. O meia Juan Román Riquelme não é mais jogador do Boca Juniors. O craque se negou a voltar atrás e não cedeu aos apelos da diretoria do time argentino. A equipe tentou sua última investida ao promover uma reunião com o empresário do atleta, Daniel Bolotnicoff, mas divulgou um comunicado horas depois confirmando a despedida do ídolo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Realizamos as questões necessárias para que Román continue jogando no Boca, mas o empresário ratificou a decisão do jogador, a mesma que comunicou depois do jogo com o Corinthians", explica o vice-presidente do Boca Juniors, Oscar Moscariello.

Leia mais: Cinco mil torcedores se mobilizam para evitar saída de Riquelme do Boca

Riquelme havia comunicado a torcida de que não permaneceria no Boca após a perda do título da Copa Libertadores, na última quarta-feira. O jogador disse que não tinha mais ambiente para seguir em La Bombonera e que a saudade dos filhos foi determinante para o encerramento de do vínculo com a tradicional equipe argentina. A torcida xeneize ainda tentou convencer o armador a ficar com uma manifestação em frente ao estádio do clube, mas os esforços foram todos em vão.

Veja também: Zinho revela ter feito proposta por Diego e diz que Riquelme é plano B

Cobiçado pelo futebol árabe, Riquelme também passou a ser cogitado no Brasil. Entre os interessados, Flamengo e Cruzeiro surgem como os favoritos em uma possível negociação. Os cariocas ainda aguardam uma resposta do meia Diego e deverão ir atrás do atleta caso o brasileiro apresente uma negativa. A clube mineiro, por sua vez, já tem uma oferta preparada e encaminhará a proposta ao empresário do argentino nos próximos dias.

Leia tudo sobre: FlamengoCruzeiroBoca JuniorsRiquelmemercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG