Dínamo de Kiev só aceita vender, mas jogador argentino quer ficar mais seis meses no Brasil

Bertoglio quer voltar ao Grêmio
Gazeta Press
Bertoglio quer voltar ao Grêmio

O empréstimo do atacante argentino Facundo Bertoglio ao Grêmio se encerrou no último dia 30. O Dínamo de Kiev, clube detentor do seu passe, se negou a prorrogar o contrato por mais seis meses. Mas o jogador ainda não desistiu de permanecer por mais tempo em Porto Alegre.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nesta quinta-feira, Bertoglio terá uma reunião com os dirigentes ucranianos na Áustria, onde o Dínamo realiza sua pré-temporada. O argentino tentará convencê-los a prorrogar o vínculo com o Grêmio por pelo menos mais seis meses. O principal argumento será o de que uma lesão o deixou 40 dias parado, sem poder ajudar o Tricolor justamente nas fases decisivas da Copa do Brasil.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Adaptado a Porto Alegre, Bertoglio tem propostas do futebol chileno, mas dará preferência ao Grêmio. O argentino disputou apenas 14 jogos e fez cinco gols pelo clube gaúcho, o suficiente para ganhar a simpatia dos torcedores. O Dínamo só aceita vendê-lo por 4 milhões de euros.

 Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e comente sobre o seu time:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.