Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Wolfsburg "libera" Diego, ex-Santos, que pode voltar ao Brasil

"Se um jogador não pode ou não quer aceitar o clube, não faz sentido que permaneça" disse o Felix Magath. O meia, que ainda tenta permanecer na Europa, pode vir para o Flamengo

Gazeta |

AP
Diego foi um dos destaques do Atlético de Madri na conquista da Liga Europa

O meio-campista Diego pode estar realmente próximo de um acordo com o Flamengo. Zinho, diretor executivo da equipe carioca, confirmou já ter feito uma proposta oficial ao Wolfsburg e, nesta terça-feira, o técnico da equipe alemã praticamente liberou o jogador de 27 anos. O verdadeiro interesse do ex-santista é seguir no Atlético de Madri, mas os espanhois não teriam feito proposta equivalente à rubro-negra.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Se um jogador não pode ou não quer aceitar o clube, então não faz sentido que permaneça. Assim, só posso dizer que o jogador deverá procurar um clube para continuar a jogar", discursou o treinador Felix Magath, em entrevista ao canal Sky Sports, falando não só de Diego, como do zagueiro Kjaer, que ficou emprestado à Roma na última temporada e também não quer retornar ao clube alemão.

Leia mais: Pentacampeão Rivaldo tem a casa roubada em Angola

Campeão da Liga Europa emprestado ao Atlético de Madri, Diego já demonstrou interesse de permanecer na Espanha, mas o clube deseja apenas renovar o empréstimo, condição recusada pelo Wolfsburg. Uma proposta do Flamengo, contando com apoio de um grupo investidor, pode convencer a equipe alemã a liberar o meio-campista, antigo desafeto de Magath.

Veja também: Segundo jornal italiano, Kaká pedirá a Mourinho para deixar o Real

Diego foi contratado pelo Wolfsburg em 2010, junto à Juventus, mas não ficou nem uma temporada como titular da equipe por um desentendimento com o treinador após ser barrado em uma partida do Campeonato Alemão, contra o Hoffenhein. Liberado, o meio-campista campeão brasileiro com a camisa do Santos, em 2002, ficou um ano em Madri e pode desembarcar, em breve, no Rio de Janeiro.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG