Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem multidão, Palmeiras embarca para Curitiba com ordens de evitar retranca

Time paulista abriu vantagem de 2 a 0 na ida, mas quer jogar como se estivesse 0 a 0

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo | - Atualizada às

O embarque do Palmeiras para Curitiba, onde o time enfrenta o Coritiba nesta quarta-feira, na final da Copa do Brasil, foi tranquilo. Poucos torcedores foram ao aeroporto de Congonhas nesta terça para ver o time tomar o avião rumo à capital paranaense, mas os que apareceram gritaram palavras de incentivo aos jogadores e ao técnico Luiz Felipe Scolari. No rápido contato com a imprensa, os jogadores alviverdes disseram que não vão ao Sul para jogar na retranca.

Francisco De Laurentiis
Felipão e a delegação do Palmeiras chegam ao aeroporto para embarcarem para Curitiba

Quem será o campeão da Copa do Brasil? Deixe seu palpite!

“É uma chance de entrar na história. Sabemos que será um jogo muito difícil, então temos que entrar em campo com a mesma dedicação e personalidade que nos trouxeram até a final. Não é pra jogar na retranca, mas de maneira inteligente, como fizemos durante todo o campeonato”, pediu o zagueiro Thiago Heleno, que fez o segundo gol da vitória por 2 a 0 no jogo de ida, realizado na Arena Barueri.

ESPECIAL: Remendado e na raça, Palmeiras "rouba" título de sofredor do Corinthians

“Temos muitos desfalques, mas pode ter certeza que quem entrar vai dar tudo de si. Independente de termos vantagem, a gente vai chegar lá para jogar como se estivesse 0 a 0. Vai ser difícil, vai ter pressão, mas acredito que, se jogarmos do jeito que jogamos durante toda a Copa do Brasil, temos boas chance de conquistar o título”, afirmou o zagueiro Henrique, que retorna ao time após cumprir suspensão no duelo de ida. Veja a trajetória do Palmeiras até a final:

Além dos 20 relacionados e da comissão técnica, a comitiva palmeirense conta com todos os suspensos e lesionados – Barcos, Valdivia, Wesley, Luan, Román, Vinícius, João Denoni, Caio, Raphael Alemão e Fábio. Maikon Leite, que estava na lista de baixas, passou a ser reforço de última hora. Embaixador do clube, o ex-goleiro Marcos também viajou para Curitiba.

VEJA: Recuperado, Maikon Leite joga final. Palmeiras manda elenco inteiro para o PR

Getty Images
Embaixador do Palmeiras, Marcos foi para Curitiba

Os palmeirenses têm um cenário de quatro possibilidades de garantir o título. Como o time palestrino venceu o confronto de ida, novo triunfo ou um empate garantem o título. Derrota por um gol de diferença também traz a taça para o Palestra Itália. Revés por dois gols de diferença também pode garantir a conquista, desde que o time paulista marque no Couto Pereira. Apenas derrota por três gols de diferença tiram o título da equipe de Felipão. Caso haja um novo 2 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

ESPECIAL: Palmeiras e Felipão voltam ao palco do 6 a 0 para acabar com jejuns

A delegação palmeirense embarca às 18h50 (horário de Brasília) e tem previsão de chegada às 19h45 no Paraná. Coritiba e Palmeiras se enfrentam na quarta-feira, às 21h50, no Alto da Glória. Será a segunda final consecutiva dos curitibanos na competição, enquanto o clube paulista disputa a decisão pela terceira vez – conquistou o título em 1998 e foi vice em 1996. O estádio promete estar lotado, já que ambas as torcidas esgotaram seus estoques de ingressos para a decisão.

Quem vence a Copa do Brasil: Palmeiras ou Coritiba? Discuta na Torcida Virtual do iG

Leia tudo sobre: PalmeirasCopa do Brasil 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG