Clube e jogador devem assinar novo compromisso esta semana. Multa rescisória sobe para R$ 75 milhões

Depois de perder Allan e Rômulo e na iminência de ver o camisa 10 Diego Souza se transferir para o Al-Ahli, o Vasco se movimenta para manter em São Januário sua principal estrela. O clube estuda a ampliação do contrato do zagueiro Dedé até 2015 para se beneficiar da multa rescisória, que aumentaria para R$ 75 milhões.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Dedé participa de gravação com Babi, do programa Pânico
Hilton Mattos
Dedé participa de gravação com Babi, do programa Pânico

O compromisso atual do Mito termina em dezembro de 2014. Os dirigentes cruzmaltinos já alinharam uma mudança, esticando o vínculo do jogador por mais 12 meses, o que lhe assegura um reajuste salarial e, em contrapartida, ampara o clube com “garantia” de que a nova multa por quebra de contrato reduzirá o assédio.

Leia mais:  Diego Souza admite que ainda não decidiu se permanecerá no Vasco

Atualmente, para tirar Dedé de São Januário, basta depositar R$ 50 milhões nos cofres do clube. Com a assinatura do novo contrato, este valor subirá em 50%. O zagueiro tem sido assediado por clubes europeus. Em um ano, seu nome foi especulado no Roma, Udinese e Milan. Aos 24 anos, é hoje o maior ídolo do Vasco, e sempre lembrado por Manos Menezes na seleção brasileira.

Veja também:  Prass pega pênalti, e Figueirense e Vasco ficam no empate

Clube e jogador avaliam os últimos detalhes deste novo compromisso. Segundo o diretor de futebol Daniel Freitas, a assinatura deve acontecer ainda esta semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.