O único gol da partida foi marcado pelo atacante Araújo, aos 23 minutos do primeiro tempo

O Náutico conseguiu interromper a incômoda sequência de duas derrotas consecutivas no Brasileiro e se recuperou ao vencer o lanterna Atlético-GO por 1 a 0, no Serra Dourada, neste sábado. Com o triunfo, o Timbu se afasta da temida zona do rebaixamento e permanece na parte intermediária da tabela de classificação, enquanto o seu adversário amarga o sexto revés seguido no torneio.

Confira a classificação do Brasileirão 2012

O único gol da partida foi marcado pelo atacante Araújo, aos 23 minutos do primeiro tempo. Com o tento anotado neste sábado, o centroavante passa a contabilizar cinco no Brasileirão e se igualar a Alecsandro, do Vasco, na liderança da artilharia do campeonato.

No último jogo deste sábado, Araújo comemora após fazer 1 a 0 para o Náutico sobre o Atlético-GO, em Goiânia
Gazeta Press
No último jogo deste sábado, Araújo comemora após fazer 1 a 0 para o Náutico sobre o Atlético-GO, em Goiânia

Embalado com a vitória tranquila sobre o Atlético-GO, o Náutico voltará a campo apenas no próximo sábado. A equipe viajará até São Paulo, onde enfrentará o Corinthians, no Pacaembu. Já o Dragão tentará recolher os cacos e se reorganizar para esboçar uma reação no domingo. O time estará diante do Vasco, em São Januário, e precisará superar o favoritismo rival para conquistar o seu primeiro triunfo no campeonato.

O Jogo
Mesmo jogando dentro de casa, o Atlético-GO não apresentou qualquer perigo ao goleiro Felipe. A equipe iniciou a partida mal e precisou sofrer uma modificação logo aos oito minutos. Paulo Henrique sentiu fortes dores no joelho e foi tirado de campo para a entrada de Reniê.

Com a inesperada alteração, os donos da casa tentaram buscar o gol de fora da área, mas não tiveram sucesso. Aos 12 minutos do primeiro tempo, Wesley girou sobre a marcação e tentou o tiro. A bola foi direto para a linha de fundo e não exigiu qualquer esforço de Felipe. Já aos 20, Souza tentou responder com um tiro de muito longe. No entanto, a bola passou muito longe da meta goiana.

Veja fotos da oitava rodada do Brasileirão:


A ineficiência demonstrada pelo volante alvirrubro neste lance não abateu a equipe visitante. Os comandados de Alexandre Gallo permaneceram no ataque e chegaram ao gol graças à precisão do ala esquerdo Lúcio aos 23 minutos. O jogador cruzou na medida para dentro da área e deixou o artilheiro Araújo sozinho para cabecear sem chances de defesa para Márcio.

O gol serviu para consolidar o domínio pernambucano na partida e intimidou os donos da casa no restante do primeiro tempo. Vaiados por boa parte dos poucos torcedores que compareceram ao estádio Serra Dourada, os jogadores do Atlético-GO não se encontravam em campo e ficavam acuados diante das chegadas de Araújo. Aos 37 minutos, o centroavante dominou no campo ofensivo e chutou por cima ao invadir a área dos anfitriões.

Araújo ainda teve a chance de ampliar a vantagem aos 44 minutos. O jogador se livrou da marcação e limpou o zagueiro que chegou para dar o combate dentro da área. O atleta iria fazer um golaço no sábado, mas a forma como pegou na bola fez com que a finalização saísse por cima do goleiro Márcio.

Com a volta do intervalo, o jogo perdeu muito em qualidade e chegou a dar sono nos impacientes torcedores rubro-negros. O Atlético-GO esboçou uma reação aos três minutos, só que Felipe caiu bem e segurou o chute de Felipe na intermediária. O time ainda ameaçou em cobrança de escanteio, mas Alessandro apareceu bem para se colocar na trajetória da bola e livrar o Timbu de qualquer perigo.

Incomodado com a presença do Dragão em seu campo defensivo, o técnico Alexandre Gallo promoveu uma alteração e colocou o meia Beitner no lugar de Souza. Sem criar uma chance de perigo sequer, o Náutico apenas administrou a vantagem e impediu a chegada dos goianos ao ataque. A tática surtiu efeito e garantiu os três pontos após o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA  -  ATLÉTICO-GO 0 X 1 NÁUTICO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 7 de julho de 2012, sábado
Hora: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Márcio Eustaquio Santiago e Guilherme Dias Camilo
Cartão Amarelo: Gabriel (Atlético-GO); Felipe (Náutico)

GOLS:
NÁUTICO: Araújo, aos 23 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Gustavo (Patric), Gabriel e Paulo Henrique (Reniê); Joílson, Pituca, Marino, Bida e Eron; Wesley (Danilinho) e Felipe
Técnico: Hélio dos Anjos

NÁUTICO: Felipe; Jean Rolt, Ronaldo Alves (Auremir) e Márcio Rosário; Alessandro, Elicarlos, Martinez, Souza (Breitner) e Lúcio; Rhayner (Cleverson) e Araújo
Técnico: Alexandre Gallo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.