Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo derrotado, filho de Bebeto diz que Fla-Flu foi “inesquecível”

"Participar de um jogo como esse é inesquecível. Fico muito feliz por ter esta oportunidade de entrar em campo em um clássico como esse", disse Matheus após o jogo

Gazeta |

O Fla-Flu desse domingo marcava o centenário do clássico mais charmoso do Rio de Janeiro. Em um dia tomado por festas e homenagens no Engenhão, o Fluminense conseguiu conter o ímpeto do Flamengo e saiu vitorioso por 1 a 0. Entretanto, a derrota não apagou o brilho que a partida adquiriu aos olhos do jovem Matheus, filho do ídolo rubro-negro Bebeto.

Veja também: Em clássico histórico, Fluminense bate Flamengo com gol de Fred

Substituto de Amaral durante o segundo tempo da partida, Matheus entrou em campo com a missão de reorganizar o setor ofensivo da equipe e abrir mais espaços para que Adryan pudesse ameaçar o goleiro Diego Cavalieri. Mesmo sem ter sucesso nos minutos que esteve em campo, a promessa flamenguista disse que participar de um clássico histórico como o deste domingo é algo que ficará eternizado em sua carreira.

Veja fotos do Fla-Flu deste domingo:


"Participar de um jogo como esse é inesquecível. Fico muito feliz por ter esta oportunidade de entrar em campo em um clássico como esse. Ficaria ainda mais contente se tivesse saído daqui com uma vitória, mas o jogo em si sempre estará na minha memória", destacou o jogador rubro-negro.

Confira a classificação do Brasileirão

Matheus foi homenageado por Bebeto na comemoração do segundo gol do Brasil contra a Holanda, na Copa do Mundo de 1994. O atleta saiu correndo em direção à linha lateral do campo e entrou para a história ao fingir que ninava o seu filho em seus braços.

Agora com 17 anos, o jovem rubro-negro não se limitou a comentar apenas sobre a importância do clássico e também analisou a postura de sua equipe na partida contra o Fluminense. Incomodado com o resultado final da partida, o meia viu o Flamengo superior no duelo deste fim de semana e lamentou que a superioridade na posse de bola não tenha sido convertida em chances que pudessem dar a vitória ao seu time.

Leia ainda: Após anunciar saída do Boca, jornal diz que Riquelme estaria acertando com o Fla

"Nós merecíamos a vitória pelo que lutamos aqui dentro. Ficamos em cima do Fluminense o jogo todo, mas clássico é isso mesmo. Eles conseguiram matar o jogo na única chance que tiveram. Não vou tirar o mérito deles, pois eles são uma grande equipe. Mas a gente merecia uma sorte diferente hoje", finalizou Matheus.

Leia tudo sobre: FlamengoMatheusBebetoBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG