Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Em virada espetacular, Cerro Porteño é campeão no ano do centenário

Time dirigido pelo uruguaio Jorge Fossati tira diferença de quatro pontos para o Olimpia em dois jogos e, com vitória sobre o próprio rival, levanta a taça

EFE |

EFE

Em jogo tenso e com duas expulsões logo no começo, o Cerro Porteño venceu o rival Olimpia por 2 a 1, no estádio Defensores del Chaco, e se deu de presente o troféu do Torneio Apertura do Campeonato Paraguaio justamente no ano em que comemora o centenário.

Deixe seu recado e comente a notíca com outros torcedores 

AFP
Torcida do Cerro Porteño fez a festa neste domingo

A duas rodadas, o título era algo praticamente descartado no Cerro, que estava quatro pontos atrás do adversário na tabela. No entanto, o Olimpia foi derrotado pelo Sportivo Luqueño na última quarta-feira e viu sua vantagem no topo diminuir. E neste domingo, com a derrota no clássico, ficou com 47 pontos, dois a menos que o adversário.

Leia mais: Flamengo apresenta o paraguaio Cáceres

O Cerro, que é dirigido pelo uruguaio Jorge Fossati, teve Walter López expulso logo aos oito minutos do primeiro tempo. No entanto, o adversário também ficou com dez homens pouco depois, aos 18, quando Renzo Revoredo viu o cartão vermelho.

De pênalti, Santiago Salcedo fez 1 a 0 para o Cerro, aos 36 minutos do primeiro tempo. Aos 20 minutos da etapa final, Jonathan Fabbro, ex-Atlético-MG, ampliou. Arnaldo Castorino diminuiu para o Olimpia, que, no entanto, não conseguiu o empate que seria suficiente para estragar a festa do rival. 

Leia tudo sobre: campeonato paraguaiocerro porteñoolimpiafutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG