Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Antes da final, Palmeiras encara a Ponte com reservas

Palmeirenses se irritaram com a marcação do jogo para o domingo, às 18h30 e se concentram só na Copa do Brasil

Gazeta |

A final da Copa do Brasil é a grande preocupação do Palmeiras neste momento. Por isso, ninguém no clube gostaria de pensar em outra coisa. Porém, mesmo contra a vontade da diretoria e da comissão técnica, o time volta ao Campeonato Brasileiro neste domingo, às 18h30 (de Brasília), para encarar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli.

O jogo estava inicialmente agendado para sábado, o que gerou reclamação por parte dos palmeirenses. A expectativa era de que a Confederação Brasileira de Futebol postergasse a partida em algumas semanas, mas a entidade só adiou por 24 horas. Com isso, o técnico Luiz Felipe Scolari decidiu escalar um time repleto de reservas para encarar o clube de Campinas.

O Palmeiras está certo em escalar os reservas contra a Ponte Preta? Clique e opine

"Ele falou para nós ficarmos espertos, porque a qualquer momento poderíamos ter uma oportunidade e teríamos de aproveitar. Vou dar meu máximo e me doar para ajudar o Palmeiras", afirmou o garoto João Denoni, que terá a chance no meio-campo.Na frente, o prata da casa Caio deve formar dupla com Maikon Leite. Outros jovens também foram relacionados, mas para compor o banco de reservas, já que há suplentes imediatos ansiosos por novas oportunidades, como os zagueiros Adalberto Román e Leandro Amaro, além do lateral direito Cicinho e do meia Felipe.

Gazeta Press
Maikon Leite será o grande nome do Palmeiras no duelo deste fim de semana

Desta vez, o treinador decidiu evitar a repetição de problemas das rodadas passadas, quando escalou alguns titulares e foi castigado por lesões, como foram os casos de Luan (ainda no departamento médico) e Marcos Assunção (já recuperado).

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Todo o planejamento é feito de olho no jogo da quarta-feira, contra o Coritiba, pela final da Copa do Brasil. Na primeira partida da decisão, o Palmeiras ganhou por 2 a 0, na Arena Barueri.

Mesmo assim, os reservas sofrerão a pressão de tentar manter a recuperação da equipe no Brasileirão. Depois de ter obtido o primeiro triunfo na competição na rodada passada, Felipão almeja novo resultado positivo para tentar deixar a zona de rebaixamento, pois aparece com apenas cinco pontos.Enquanto isso, a Ponte Preta quer aproveitar a partida em Campinas para deixar a parte intermediária da tabela e se aproximar dos times de cima. Com nove pontos, o técnico Gilson Kleina não se ilude em encontrar vida fácil contra os suplentes palmeirenses.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro 2012

"Teremos um grande desafio pela frente. O adversário tem um time muito competitivo e vamos precisar de muita concentração para vencer. Confio nos meus jogadores e sei que todos entrarão em campo para ganhar", afirmou o treinador.

O lateral direito Cicinho é o desfalque da equipe campineira para o confronto. Gerônimo e Lucas disputam o posto. Na frente, Roger terá de cumprir suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, deixando sua vaga entre Marcinho, Caio e Luan. Já o volante João Paulo Silva deixou o clube, abrindo lugar para Ricardinho.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 8 de julho de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Alex Alexandrino (ambos de SP)

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Leandro Amaro, Román e Fernandinho; Márcio Araújo, João Denoni, Patrik e Felipe; Maikon Leite e Caio
Técnico: Luiz Felipe Scolari

PONTE PRETA: Edson Bastos, Gerônimo (Lucas), Tiago Alves, Ferron e João Paulo; Baraka, Ricardinho, Renê Júnior e Nikão; André Luis e Marcinho (Caio ou Luan)
Técnico: Gilson Kleina

Leia tudo sobre: PalmeirasPonte PretaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG