Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ney Franco reencontra comandados e é exaltado por evitar "panelinha"

Elenco do São Paulo aprova a contratação de treinador, que sequer faz a estreia no banco de reservas. Técnico já trabalhou com 12 atletas do elenco

Gazeta |

O trabalho de Ney Franco nas categorias de base da Seleção Brasileira o aproximou do São Paulo não só a ponto de convencer a diretoria de que é o nome certo a lidar com este elenco. Ele já é exaltado no grupo como alguém que não se limita a escalar e dar confiança a somente um grupo de atletas, uma das críticas ao treinador anterior.

Você acha que Ney Franco fará um bom trabalho no São Paulo? Deixe seu comentário

"Ele tem muito caráter, chega e fala. União é a principal palavra dele, ele consegue realmente tornar um grupo vencedor. Não tem só o time dele, não tem panelinha. Os jogadores jogam por ele e foi assim que conquistamos os títulos com ele. Ele é muito honesto", disse Bruno Uvini, capitão de Ney Franco nas conquistas do Sul-americano e no Mundial sub-20 do ano passado.

Divulgação/CBF
Ney Franco deixou a seleção brasileira para treinar ex-comandados no São Paulo


Leia mais: Lucas, Luis Fabiano e Ceni falam em título com Ney Franco já em 2012

O zagueiro, Casemiro, Wellington, Lucas, Willian José, Henrique Miranda, Luiz Eduardo, João Felipe, Ademilson e Rodrigo Caio foram comandados pelo técnico na Seleção, além de Henrique, atacante do São Paulo. Já Rhodolfo e Edson Silva trabalharam com Ney no Atlético-PR e no Botafogo.

Confira ainda: De olho nas especulações, Lucas não garante permanência até 2014

A expectativa é de um relacionamento bem próximo e tranquilo. "Ajuda porque eu nunca tinha trabalhado com o Leão antes. Eu e o Ney nos damos bem dentro e fora do campo, um conhece o trabalho do outro, ele sabe como gosto de jogar, sei a maneira dele trabalhar. O dia a dia com ele é maravilhoso. Ele dá liberdade, pede a opinião do jogador, isso facilita bastante. Vai ajudar bastante não só a mim, mas jogadores novos e de mais experiência também", afirmou Lucas.

O novo chefe é tão elogiado que seus comandados garantem que, se pudessem, sugeririam seu nome para o lugar de Leão. "A diretoria do São Paulo não tem este perfil de consultar os jogadores. Se perguntassem, eu ia falar que é uma excelente pessoa, com caráter acima de tudo, muita competência. Não é à toa que levou a Seleção a conquistar o título do Sul-americano e do Mundial sub-20. Acertaram em cheio na contratação", enalteceu Lucas.

"Foi uma alegria muito grande a contratação do Ney Franco. Um técnico que olha para a base para nós é sempre muito bom, tem muitos moleques da base aqui. Seremos olhados de maneira diferente, seremos aproveitados. É só trabalhar e treinar forte que as oportunidades vão surgir", comemorou Rodrigo Caio.

Próximo ao técnico, Bruno Uvini repetiu diversas vezes a palavra caráter para definir o comandante. "O Ney Franco, primeiramente como pessoa é um homem de muito caráter. Dificilmente um treinador consegue agradar a todos, geralmente são os que jogam como titulares que ficam mais felizes, mas na sub-20 todos eram muito gratos a ele pelo trabalho que ele fazia. Era um grupo muito unido, ele consegue colocar uma união", lembrou.

Ajude a reforçar a torcida virtual do São Paulo:

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG