Zagueiro tem contrato com o time mineiro até 2014, mas ainda não fez 7 jogos no Brasileiro

O Atlético-MG denunciou o São Paulo a Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados) por suposto aliciamento do clube do Morumbi sobre o zagueiro Réver . O clube mineiro solicitou que o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) também abra inquérito para apurar o caso. Dirigentes do time alvinegro alegam que pessoas ligadas ao clube paulista entraram em contato direto com o empresário do atleta, sem fazer qualquer comunicado ao Atlético-MG.

Quem tem razão nesta história: Atlético-MG ou São Paulo? Comente!

Réver: motivo de briga entre paulistas e mineiros
Futura Press
Réver: motivo de briga entre paulistas e mineiros

O diretor jurídico atleticano, Lázaro Cunha, explica que este tipo de postura não é comum, e que por isso, o São Paulo está sujeito a punições. Segundo ele, o time paulista pode ser multado e até se excluído de competições, pela atitude que Lázaro Cunha chama de "sorrateira".

VEJA:  De olho nas especulações, Lucas não garante permanência até 2014

"Para qualquer abordagem, é preciso enviar uma comunicação ao Atlético-MG, mesmo que fosse só para conversar. Esse tipo de infração é uma atitude sorrateira. O regulamento prevê muitas punições. Pedimos ao STJD a aplicação do artigo 240. Na Fifa, o São Paulo também pode sofrer consequências, como ficar impedido de usar a janela de transferência por dois períodos e participar de competições da entidade", declarou.

MAIS:  Victor aparece no BID e já pode estrear no Atlético-MG

Réver está lesionado, e por isso, não vem atuando pelo Atlético-MG. Caso complete sete partidas pelo clube de Belo Horizonte, o jogador terá a transferência inviabilizada para outro clube da Série A do Brasileiro. O defensor tem contrato com o time atleticano até 2014.

Quem tem razão nesta história: Atlético-MG ou São Paulo? Discuta na Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.