Técnico português seria o responsável por criar clima ruim entre jogadores de Real e Barça na seleção espanhola

Casillas e Xavi: amigos e campeões pela Espanha
Getty Images
Casillas e Xavi: amigos e campeões pela Espanha

Joaquín Hernández, pai do meia Xavi , deu declarações polêmicas ao jornal esportivo "Marca" nesta quarta-feira. Segundo ele, a rivalidade entre jogadores de Barcelona e Real Madrid passou a atrapalhar a seleção espanhola depois da chegada de José Mourinho ao time da capital.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros internautas

" Iker (Casillas) teve muitos problemas com Mourinho por este motivo, problemas que saíram a público porque Xavi e Iker nunca quiseram romper a amizade", revelou Hernández, que ressaltou a importância da dupla para manter o bom ambiente na seleção comandada por Vicente Del Bosque.

VEJA:  Espanha fatura 23 milhões de euros de premiação pelo bi na Euro

"Muitos problemas tinham raízes nos clássicos. Jogadores que eram companheiros e amigos quase chegaram a ponto de perder a amizade. Aconteceu com Arbeloa, Xabi Alonso e Sergio Ramos. O comportamento de alguns jogadores não foi apropriado, menos mal que Iker e Xavi agiram, completou.

FOTOS:  Campeões, jogadores da Espanha desfilam por Madri e visitam rei

Em defesa do filho, Hernández criticou a maratona de jogos e viagens enfrentada por Xavi. "Ele jogou 81 partidas nessa temporada. É algo brutal, envolve jogos e viagens por todo o mundo, mas ele está bem e com vontade. Disseram que ele não estava bem fisicamente, mas não é verdade. Na final, ele estava muito motivado e foi um espetáculo", analisou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.