Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigentes santistas voltam da Argentina desanimados e sem reforços do Vélez

Cartolas dizem que clubes do país vizinho aguardam propostas da Europa, valorizando demais os atletas

iG São Paulo |

Ainda não foi desta vez que os dirigentes do Santos obtiveram sucesso nas negociações para atender aos pedidos de reforços do técnico Muricy Ramalho. O vice-presidente da equipe, Odílio Rodrigues Filho, e o superintendente de futebol, Felipe Faro, viajaram domingo para a Argentina, fizeram um rastreamento nos principais clubes à procura de bons negócios, mas retornaram de mãos abanando. Entre os jogadores pretendidos, quatro são do Vélez Sarsfield: o volante/lateral Gino Peruzzi, os meias Ariel Cabral e Augusto Fernández e o atacante Juan Martínez.

O Santos precisa se reforçar ou o time atual precisa voltar a jogar bola? Opine!

Getty Images
Martínez, do Vélez, despertou interesse do Santos

"Fomos saber da realidade do futebol argentino e o que constatamos é que os clubes esperam por propostas de fora do continente, o que deixa os jogadores muito valorizados", afirmou Odílio, desanimado com a possibilidade de reduzir os preços.

VEJA: Muricy espera Martínez, mas reconhece dificuldades por reforços

Mesmo sem obter êxito na primeira tentativa, o Santos fez propostas pelos jogadores que interessam ao clube e deixou negociações em aberto que podem evoluir nos próximos dias. "Foi um início de entendimento com clubes sul-americanos. Além dos jogadores do Vélez, temos interesse em outros pertencentes ao Boca Juniors, ao River Plate e também da Universidad de Chile", confirmou o gerente de futebol, Ney Pandolfo, sem falar de nomes e posições.

E MAIS: Santos muda estratégia e desiste de procurar Ganso para renovação

Na tarde da última terça-feira, Odílio, Faro e a alta cúpula santista se reuniram na Vila Belmiro para discutir o futuro do futebol santista. O ponto convergente é que há necessidade da chegada de reforços com capacidade para mudar a maneira de o time jogar.

CONFIRA: Neymar lembra fase difícil, mas prevê reação do Santos no Brasileiro

Gazeta Press
Santos quer usar imagem do craque Neymar para tentar contratar jogadores por empréstimo

Sem dinheiro, o Santos tem poucas alternativas para se reciclar. Uma delas é contar com a ajuda de investidores dispostos a apostar na valorização de promessas atuando ao lado de Neymar. Outra é fazer parcerias com os clubes detentores dos direitos dos jogadores para lucrar em negociações futuras para a Europa. A tentativa de comprar a prazo não deu certo, pelo menos com os argentinos. O Vélez, por exemplo, precisa vender bem e à vista um jogador por temporada para fechar as contas. Por isso, o parcelamento proposto pelos santistas nem chegou a ser considerado.

LEIA: Recuperado, David Braz é apresentado e promete trabalho por vaga na defesa

Mesmo que não apareça uma nova DIS ou clube disposto a ceder jogadores em troca da sua valorização, ainda restará a possibilidade da entrada de dinheiro com a negociação de algum titular com o futebol do exterior. Muricy acredita que o clube vai perder algum jogador na atual janela de transferências internacionais. Recentemente, surgiram especulações sobre a possível negociação do meia Elano com um clube chinês. O Santos diz não saber de nada. "Mas todos os jogadores podem ser negociados", avisou Pandolfo. Outro que interessaria a clubes europeus é o volante Arouca.

Ajude o Santos a aumentar sua torcida virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG