De contrato assinado com o Fiorentina, lateral direito não aceitou seguro que seria firmado pelo Boca e está fora da decisão

Roncaglia comemora gol do Boca na Bombonera
AP
Roncaglia comemora gol do Boca na Bombonera

Próximo da segunda final da Libertadores frente ao Corinthians , o Boca Juniors sofreu com um desfalque de última hora: o lateral direito Facundo Roncaglia , que marcou o gol dos argentinos na partida de ida, em La Bombonera. Após vencer seu contrato com o clube, no final de junho, o jogador passou a negociar uma renovação para entrar em campo no Pacaembu, mas o atleta não aceitou o seguro que o Boca firmaria para que estivesse completo na decisão.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O jogador acertou com a Fiorentina pelas próximas quatro temporadas, mas conversava para não ficar fora do último jogo da Libertadores. A situação se encaminhava para um final feliz, já que o Boca havia feito uma proposta de um seguro ao jogador, porém, o agente do atleta pediu algumas cláusulas específicas, encontradas apenas na Inglaterra e Holanda, que atrapalharam o negócio, para irritação do presidente xeneize, Daniel Angelici.

Leia mais: Jorge Henrique se recupera, mas Tite deixa Romarinho sob alerta para jogar

"A verdade é que estou bem incomodado e muito decepcionado, porque até o último momento trabalhamos para fazer tudo o que pediram. Mas está claro que não foi o suficiente. É uma pena por todos no clube que tanto fizeram a cada novo requerimento que chegava a nós", lamentou, em entrevista para o jornal Olé , da Argentina.

Veja também: "Pelo Corinthians, abri mão do Mundial. Agora, estou a um jogo dele", diz Tite

Antes da reviravolta, Roncaglia dissera que iria se concentrar com a equipe para a decisão - ele estava entre os 21 atletas relacionados. Com este problema, o técnico Julio Cesar Falcioni será obrigado a mexer na equipe, pois o comandante esperava colocar em campo a mesma equipe que ficou no empate com o Corinthians, em Buenos Aires, por 1 a 1.

E ainda: Com desmanche à vista, Tite pede para diretoria corintiana evitar mais perdas

No final de semana, o clube precisou trabalhar para acertar as situações do zagueiro Schiavi e do atacante Cvitanich, que também tiveram seus contratos encerrados após o encontro com o Timão. A dupla, diferentemente do lateral direito, estará à disposição para o encontro desta quarta, às 21h50 (de Brasília), no Pacaembu.

O elenco do Boca Juniors chega ao Brasil na manhã desta terça-feira e, no mesmo dia, deverá fazer o treinamento para reconhecer o gramado do estádio paulista. Para conquistar seu sétimo título da Libertadores, o time argentino precisa de uma vitória simples. Um empate leva a decisão para a prorrogação e, caso persista a igualdade, o campeão será definido nas penalidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.