Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Comitê julgará Nasri e mais 3 jogadores franceses por má conduta na Eurocopa

Além de Samir Nasri, Hatem Ben Arfa, Yann M'Vila e Jeremy Menez se envolveram em confusões durante a Euro 2012 e podem ser suspensos da seleção

Agência Estado |

Agência Estado

Getty Images
Nasri se envolveu em confusão no vestiário e insultou um jornalista

A Federação Francesa de Futebol anunciou nesta terça-feira que Samir Nasri, Hatem Ben Arfa, Yann M'Vila e Jeremy Menez vão enfrentar o comitê disciplinar da entidade em data ainda a ser definida. Eles serão julgados por causa da má conduta durante a disputa da Eurocopa, finalizada no domingo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nasri corre risco de receber a maior punição, de até dois anos, segundo a imprensa francesa. O meia será julgado por dois episódios negativos. No primeiro, insultou um jornalista após a derrota para a Espanha que eliminou a França nas quartas de final. Nasri havia sido barrado pelo técnico Laurent Blanc pouco antes de jogo.

Leia mais: Campeões, jogadores da Espanha desfilam por Madri e visitam rei

Antes do ataque ao repórter, o meia do Manchester City e os outros três atletas citados pela federação se envolveram em uma discussão acalorada no vestiário depois da derrota para a Suécia, pela rodada final da fase de grupos.

Veja também: Seleção italiana desembarca em Roma sob aplausos após vice na Euro 2012

Segundo Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol, os quatro jogadores serão questionados sobre os episódios "assim que possível". O dirigente não mencionou datas ou possíveis punições aos atletas.

E ainda: Euro 2012 foi marcada pelas beldades dentro e fora dos estádios. Confira

Em relação ao futuro da seleção, Le Graet disse que a federação precisará de "mais alguns dias" para definir o sucessor de Blanc. O técnico deixou o cargo no sábado e deve ser substituído por Didier Deschamps, que não renovou seu contrato com o Olympique de Marselha. Rumores apontavam que Deschamps teria desistido da proposta francesa, mas Le Graet reiterou que o treinador segue na lista de favoritos para assumir o cargo.

Leia tudo sobre: euro 2012françanasrifutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG