Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca prega humildade após alcançar topo do Brasileirão

Trinador afirma que Atlético-MG deve manter os pés no chão para evitar tropeços nas próximas rodadas

Agência Estado |

Agência Estado

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Cuca, treinador do Atlético-MG

Cuca manteve o discurso de humildade no grupo do Atlético Mineiro após alcançar a liderança do Brasileirão. Para o treinador, o elenco deve ter os "pés no chão" e continuar trabalhando para evitar tropeços nas próximas rodadas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Buscamos a liderança e temos que ter humildade, pés no chão e trabalhar ainda mais essa semana porque a gente não pode se enganar. O campeonato é longo, é muito gostoso estar na liderança, mas a gente tem que se acostumar a isso e não fazer disso uma coisa do outro mundo", afirmou o técnico.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

O Atlético buscou a liderança, que pertencia do rival Cruzeiro, ao derrotar o Grêmio por 1 a 0, fora de casa, depois de uma grande jogada do meia Bernard. "Teve todos os ingredientes, inclusive qualidade técnica também. No segundo tempo, perdemos três ou quatro gols na cara do goleiro, que fez uma grande partida também, do contrário teríamos definido antes. O Atlético está de parabéns pelo jogo que fez. Foi uma segunda etapa preciosa", avaliou Cuca.

Veja também: Pela segunda rodada consecutiva, visitantes brilham no Brasileirão

Autor da jogada que gerou o único gol da partida, Bernard exaltou o grupo atleticano após a vitória. "Foi uma jogada muito bonita que o Jô teve a felicidade de completar bem, mas o mais importante foi conquistar os três pontos e chegar na liderança. Jogar aqui contra o Grêmio é sempre complicado e temos que valorizar essa vitória, ainda mais sendo contra um concorrente direto", destacou o meio-campista.

E mais: Qual foi o gol mais bonito da 7ª rodada do Brasileiro? Assista e vote na enquete

Para Bernard, de apenas 19 anos, a união do grupo tem sido o diferencial do Atlético neste início de Brasileirão. "A gente está se mostrando, a cada dia, um grupo unido, maduro, que não tem vaidade. Todo mundo está correndo para todo mundo, se ajudando, e o importante é isso. Time que quer ser campeão e lutar na parte de cima da tabela tem que ter esse espírito".

Leia ainda: Hostilizado no Olímpico, Ronaldinho deixa o campo sem falar

Ronaldinho Gaúcho, que enfrentou seu ex-time no domingo, fez coro com o companheiro de time. "É um início fantástico de Brasileiro graças ao espírito de grupo que há no Atlético. Estamos muito felizes com essa vitória tão difícil de hoje [domingo]".

Goleiro

Cuca adiantou logo após o jogo que o goleiro Victor, anunciado pelo Atlético na noite de sexta-feira, fará sua estreia já na próxima rodada, contra a Portuguesa, no domingo. Ele entrará no lugar de Giovanni, que recebeu elogios do treinador, mas ficará no banco de reservas a partir desta semana.

"Ele [Victor] veio para ser titular. O Giovanni sai em uma condição de homem, de profissional, de decência total. Ele fez o sétimo jogo, demos a opção a ele e ele decidiu ajudar o grupo, ajudar o clube. A gente fica muito bem servido com ele também, tanto que, na minha opinião, foi um dos melhores em campo hoje", declarou.

Entre para a torcida virtual do Atlético-MG

Leia tudo sobre: Atlético-MGCucaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG